zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Alquimia
A Prática Alquímica

Sabemos que muitos tem dúvidas sobre Alquimia e até mesmo alguns que praticam podem acabar esquecendo-se de alguns detalhes e informações que são úteis ao trabalho.

Primeiramente a Alquimia (Tantrismo Branco) se baseia na conexão sexual homem-mulher, por meios naturais, sem a queda sexual, sem que haja o orgasmo.
Isto é uma forma certamente simples de descrever uma série de procedimentos e de entendimentos que temos que ter.
Na Natureza humana há duas forças uma masculina e outra feminina, assim como o dia e a noite, e por isto a criação depende destas duas forças.
Duas mulheres, dois homens ou qualquer outra mescla que não sejam apenas um homem e uma mulher, não pode gerar qualquer criação, ou trabalho Alquímico.

No próprio adultério já se destruiria o acúmulo de energia deste Alquimista. Tanto que no caso de uma separação, se necessita aguardar entorno de três anos, para que o organismo fique limpo da energia daquele parceiro, para que só então se possa tomar novo esposo, nova esposa.

A Alquimia deve ser praticada em lares devidamente constituídos, primeiramente para que haja um comprometimento e uma convivência deste casal, e que sejam capazes de vencer as dificuldades e que possam amar-se verdadeiramente, apesar de todas as dificuldades do dia a dia.

O Único tipo de conexão que serve ao propósito da Alquimia é do membro masculino e do canal natural feminino. Dizemos natural, pois há muitas outras modalidades sexuais que constituem infra-sexualidade e que nada tem a ver com o trabalho sexual alquímico.

Apesar de que se possa praticar o ato durante o dia, a energia não serve ao propósito Alquímico, pois somente durante a noite seremos capazes de fazer uso desta energia para a criação dos corpos solares, pois durante o dia, por um magnetismo, o sol absorveria estas energias transmutadas.

Durante a Menstruação, não se pratica o ato sexual, assim como durante os nove meses da gestação e os quarenta dias seguintes (quarentena).
A Menstruação é uma depuração das energias femininas e transmutar o que está sendo retirado do organismo pode ser danoso a mulher.
Durante a menstruação a mulher deveria limitar-se a apenas lavar suas partes intimas e não banhar-se totalmente e principalmente não lavar os cabelos. Isto é uma indicação dos Mestres para se evitar doenças incuráveis do organismo, principalmente da parte sexual.

Durante a gestação a energia sexual da mulher está sendo usada para criar um organismo físico e tridimensional para esta Alma que haverá de ali habitar. Então o contato sexual é desviar energia que seria para este fim, causando dano ao feto e certamente sendo energia insuficiente para a Alquimia.
Os quarenta dias, após o parto são porque a mulher necessita de uma pausa magnética para recuperar-se e igualmente a energia dela é o que protege a criança que ainda não tem uma egrégora própria, então não deve afastar-se da mãe.

Para a Alquimia ambos do casal necessitam ter suas funções sexuais normalmente funcionando. O Homem deve produzir sêmen e a mulher claro ter seu ciclo de fertilidade. Recordamos que a Alquimia é uma criação, só que de caráter interno.
Caso haja vasectomia, ligamento de trompas, enfim, qualquer sistema anticoncepcional, deve ser revertido para que se possa praticar a Alquimia.

Anticoncepcionais, camisinhas, qualquer coisa que impeça o normal funcionamento da atividade sexual e o contato natural dos órgãos, assim como produtos que possam interferir na temperatura, etc... impedem o trabalho Alquímico.

O Que determina quando deve ser praticado o ato sexual (Arcano AZF), é o interesse do casal do ponto de vista orgânico. Em outras palavras, a excitação sexual (NATURAL).
Excitação produzida por pensamentos morbosos, por pornografia, por eus de qualquer espécie, por alimentos afrodisíacos, etc.. não servem para este trabalho.

Quanto mais madura esteja a energia, quanto mais naturalmente preparada e pronta para a transmutação, quanto mais pura em seu sentido energético e psicológico, mais eficaz será para o Grande Arcano.

Uma boa alimentação, sem alimentos derivados de porco (por ser involutivo), como presuntos, salames, qualquer alimento que seja feito com gordura animal (pois se usa banha de porco), propicia uma boa Transmutação.
Alimentos transgênicos e enxertos igualmente não provem o que necessitamos para o trabalho Alquímico, quanto mais industrializado, igualmente menos vida proverá a esta semente humana.
Nossa semente, nossa energia sexual é um resumo, um extrato do que somos e certamente do que nos alimentamos (impressões, ar, alimentos orgânicos).

Igualmente uma energia sexual contaminada por morbosidades, por pensamentos impuros, por luxúria, certamente tenderá a involução e a ser expelida do organismo, seja por uma queda durante o ato sexual (orgasmo), seja por uma polução noturna.

Quem seja capaz de seguir estas regras de alimentação e de suprema santidade psicológica, certamente poderá transmutar suas energias (COMO SOLTEIRO), apenas de meditar ou de se entregar a estados superiores aonde a energia passe a vibrar em outro nível superior.
Claro que a Transmutação como solteiro é necessária para esta preparação para o Trabalho Alquímico e certamente para nossa saúde e bem aventurança tanto física como espiritual.

A Maçã, o fruto proibido é o sexo, comer a maçã é a representação da queda sexual (do orgasmo).
O Arcano (contato sexual sem a queda sexual) nos propicia o retorno as Leis de Deus, e por consequência ao Éden perdido.

Do Arcano formamos o Hemafrodita Divino, a Pedra Filosofal, os Corpos Solares e igualmente restauramos a Serpente Ígnea do Kundalini.
O Hemafrodita Divino é o Homem-Mulher, aquele Elohim primordial, aquele Deus criador do primeiro instante.
A Pedra Filosofal são os próprios corpos solares, o fogo sagrado como envoltório do Cristo bendito, dentro do próprio homem.
Estes corpos são o que permitem com que um autêntico Iniciado possa se locomover conscientemente pelas regiões superiores do cosmos.

O Kundalini conforme percorre as 33 Vértebras da coluna vertebral, restaura nossos poderes ígneos e nos aproxima do Pai Bendito, nosso Real Ser.
Somente com a Alquimia Sexual, com o Grande Arcano AZF, nos é possível trilhar a Alta Iniciação (Mistérios Maiores).
Todo Iniciado ou Iniciada de Nona de Menores, para que possa percorrer o caminho da Alta Iniciação, necessita de um companheiro, um esposo/esposa que o auxilie no trabalho de Laboratório (Alquimia).

Aos que tem um companheiro(a) externo(a) a estes ensinamentos ou que não se interessa pela Alquimia, praticam sua parte do trabalho e deixam o outro fazer o que queira, contanto que respeite que o que esteja trabalhando possa retirar-se do ato com sua energia intacta (casto, tendo transmutado sua energia).

O Segredo da Transmutação, está em depois das carícias e do contato sexual normal (Lingan-Yoni), no instante máximo do aquecimento sexual que precede a queda, quando os órgãos estão em sua suprema excitação, se suspende qualquer movimento e se vocaliza os Mantras I A O. Uma respiração para cada vogal.
Com isto se imagina a energia sendo projetada desde o cóccix até o alto da cabeça.
Caso o companheiro não compartilhe estes ensinamentos, se vocaliza mentalmente, conscientemente.

Os que queiram ter filhos, podem trabalhar com a Lei Divina, e pedir o ingresso de tão desejada Alma para que tome um corpo junto a este casal.
Igualmente podemos pedir a Lei para que não permita a concepção, caso o casal já tenha filhos ou não queira ter filhos.
O Adepto fica proíbido de ter filhos na Alta Iniciação, então há que se levar isto em consideração antes de ingressar nestes processos de Mistérios Maiores.

Quantos casais querem ter filhos e não tem, quantos não querem ter, e tiveram aos montes. Mesmo mulheres que fizeram ligaduras (ligamento das trompas), já tiveram a infelicidade de ter filhos, sem querer.
A Lei é a Lei e verdadeiramente o que ela determina acontece. Se não queremos ou se anelamos algo, podemos pedir a Lei e oferecer boas ações e fatos justos e equivalentes em troca de seus serviços.

Para a concepção, não se cometerá o delito do orgasmo, senão que a Lei determinará um Espermatozóide que se liberará naturalmente sem a necessidade do derrame seminal que fecundará o óvulo.

O Homem atual é um animal, um animal intelectual. É 100% Lunar, pois para sua criação só necessitou um espermatozóide (força solar) e um óvulo , ainda que centenas tenham sido derramados inutilmente.
O Trabalho Alquímico é este segundo nascimento, é transformar a Lua em Sol, esfera por esfera, corpo por corpo.

Para que o Animal Intelectual possa receber o título de Homem, ele necessita ter todos os corpos solarizados e não ter mais defeitos psicológicos, é o que chamamos Auto-Realização, é a perfeição do estado Humano. Estes são os Homens Autênticos.

Somente com os corpos solarizados é possível ser devorado pela serpente. Um Iniciado de iniciações menores pode ir avançando na solarização dos corpos, e somente uma vez um corpo solarizado totalmente (transformado os átomos lunares em solares), é possível a ascensão do Kundalini.
Para o progresso de Primeira Iniciação de Mistérios Maiores, se exige um corpo físico solarizado, para segunda um corpo Vital, para Terceira um Astral, para Quarta um Mental, para a Quinta um corpo da Vontade totalmente solarizado.

Todo este trabalho de solarização dos corpos deve ser acompanhado de um supremo esforço de morte psicológica, pois de outra forma se fundiria nestes corpos a impureza de nossos defeitos e com isto seria impossível a eliminação dos mesmos.
Nisto constitui o que chamamos Hanasmussem. Os Hanasmussem são criaturas que criaram um duplo centro de gravidade e que apesar de trabalharem com a Alquimia e terem criado seus corpos solares, mantiveram frações vivas do ego e acabaram fundindo em seus veículos solares estas energias negativas.

Por isto que é tão importante o Despertar da Consciência, assim vamos observando conscientemente que passo temos que dar e que etapa nos corresponde viver.

27/11/12