zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Alquimia
O Homem Equilibrado

Existem sete níveis de Homens, aonde os três primeiros níveis correspondem à humanidade, como um todo, adormecida.
Existe um quarto tipo de Homem que denominamos equilibrado, este é o que inicia sua luta para escapar da mecanicidade da vida, e regenerar-se.

Os Três primeiros níveis denominamos a Torre de Babel, porque eles não entendem-se entre sí, vivem e convivem, mas não entendem-se, por cada um atuar de uma maneira negativa diferente.

O Nível mais baixo, o primeiro, é o tipo Instintivo.
O Segundo, é o tipo emocional.
O Terceiro, é o tipo intelectual.

Todos estes três tipos de homens gastam suas energias em um destes centros e não tem qualquer controle sobre o centro em questão.

O Tipo Instintivo, como já diz o nome, age por instinto, um instinto claro baixo, negativo e subvertido aos defeitos que carrega. Gasta sua energia vital, seu tempo, sua vida satisfazendo-se em questões instintivas e relativas ao que é básico à sobrevivência e os prazeres.

Existe também o tipo emocional, que tem sua base, que gira ao redor das emoções, claro que não são emoções superiores ou emanadas desde o Ser ou da Consciência.
Não estamos nos referindo às emoções superiores ou pela intelecção iluminada utilizadas pelos Grandes Mestres para comporem suas sinfonias, ou suas belas esculturas, pinturas, mas emoções baixas que se relacionam com a vida, com as tristezas com as alegrias.

O Terceiro tipo, o intelectual tem sua guarita dentro do que são as formulações e os pensamentos, e aí gasta irremediavelmente toda sua energia, pensando, raciocinando, teorizando.


Toda a humanidade se enquadra dentro de um destes três tipos de gente (homens e mulheres).

Necessitamos chegar ao quarto tipo de homens, que é o tipo que sabe equilibrar todos os centros que possui.
O Terceiro tipo é o Equilibrado. O Homem equilibrado é aquele que é intermediário entre os três inferiores e os três superiores.
O Tipo Equilibrado é o que tem condições de por não centrar-se em apenas um centro, poupar sua energia e convertê-la em fonte de matéria prima para suas criações internas, seus veículos internos, sua purificação (eliminação de seus defeitos).


Os que são do tipo Equilibrado já não fazem parte da confusão de Babel, mas tão pouco alcançaram a altura dos Céus, do Reino prometido.
É Verdadeiramente um deserto, baixo uma longa e espessa noite que tem que atravessar estes que passam a viver de maneira equilibrada, antes de poderem ver realmente a luz do dia e o Reino.

O Trabalho que dá-se ao homem que busca o equilíbrio, é dominar e sabiamente utilizar as energias dos cinco centros do homem que são: Intelectual, Emocional, Motor, Instintivo e Sexual.
Da sábia utilização das energias de cada um destes centros, temos a possibilidade de chegarmos ao Reino, que são os três níveis superiores.

O Quinto nível é relativo aos que já fabricaram um Corpo Astral. O Que temos atualmente é uma semente deste corpo, um corpo de Desejos que utilizamos nas horas de sono e que por meio do equilíbrio dos centros e por meio da transmutação alquímica de nossas energias de tipo sexual, podemos vir a criar dito Corpo Solarizado.

O Sexto nível é relativo aos que já fabricaram um Corpo Mental.
O Sétimo nível corresponde aos que fabricaram um Corpo Causal.

A Utilização dos canais de comunicação com nossa divindade interior, com nosso Real Ser, são exatamente relativos aos Habitantes do Reino.
Nenhum homem pode utilizar algo que não tenha, e os centros superiores do Ser necessitam serem criados, desenvolvidos, ou em alguns casos, restabelecidos, restaurados.

Mas o primeiro que necessitamos é tornar-nos homens equilibrados e aprendermos a nunca utilizar-nos de um único centro, e também não abusar de nenhum destes centros.

17/06/13