zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Alquimia
Rituais Amorosos, Preparações

Os Rituais Amorosos entre os organismos complementares sempre foi um tema de encantamento para a humanidade, desde os animais com suas plumas e danças, como os odores e sons que fazem parte deste belo Ritual que conduz macho e fêmea até a cópula.

Há Rituais de Acasalamento entre certos espécimes que são verdadeiros dramas cósmicos, aonde os harmônicos movimentos revelam muito mais do que simplesmente duas criaturas se integrando, mas o universo preparando-se para criar, para fazer surgir desde o caos, mais alguma de suas maravilhosas criações.

A preparação para o Ato Sexual, para o Ritual Amoroso, é indispensável.
Existe uma arte no relativo a isto da preparação para a integração entre Esposo e Esposa, que em muitas culturas foi fomentada e em outras foi esquecida completamente.
Em geral nós ocidentais nos preocupamos mais em estar bem vestidos, bem apresentados, para quem em geral tem menos valor e importância em nossa vida, e no lar, acabamos por vezes desleixados para com estes aspectos e outros mais.
Sendo o lar a base de todas as conquistas e de todas as realizações, é óbvio que nossos esforços deveriam antes de mais nada ser para com o ser Amado, e somente então se nos sobrar forças, para com o que esteja mais além disto.

Assim que existe uma arte que serve exatamente para manter acesa a Chama do Amor, eternamente, que em síntese serve para constantemente manifestar este encanto para com o parceiro e isto exige com que se faça mais esforços para o que se faz no Amor que fora dele. Tornando assim o Relacionamento, o Amor, como síntese básica de todas as criações na vida do indivíduo.

Dentre os detalhes que há que se levar em conta, entram desde vestimentas, posicionamento corporal, entonação de voz, palavras, odores, e uma infinidade de coisas que no fundo é algo que certamente todos sabem mas deixam-se levar pela preguiça ou por falsas prioridades.

Esta é a arte de encantar quem realmente tem valor para nós. E muito disto requer uma prévia preparação, já que assim como antes de sair de casa nos arrumamos, nos preparamos, certamente o contato amoroso requer certos preparativos, senão sempre, em alguns momentos oportunos, sem que se perca esta harmonia e atratividade entre o casal.
Assim como os namorados quando vão se encontrar, tem inúmeros preparativos sejam físicos ou psicológicos, os noivos, os casados, deveriam igualmente ter o mesmo valor e esforço, para que exatamente não se perca esta chama primordial que os une. É um erro grave menosprezar estes momentos íntimos do casal, ou estes preparativos tão necessários.
Isto não é igual para o homem e para a mulher, já que o homem é mais visual (se estimula pelo que vê) que a dama, e a mulher sempre tem e sempre terá mais artifícios que o homem.

Claro que não estamos dizendo que os beijos e as carícias não devam ocorrer naturalmente, senão que devemos sempre ter uma mínima preparação para estarmos sempre prontos para isto, ou mesmo em alguns momentos nos prepararmos de maneira ainda mais adequada pra isto.

Um exemplo disto é a limpeza das mãos para tocar nos órgãos sexuais femininos principalmente. A Dama é sempre mais susceptível a infecções e outros problemas similares por conta da natureza de sua forma sexual e isto faz com que o homem tenha de ter um asseio muito bom para que não tenha de interromper um possível ato natural para esta higiene por exemplo.
Nosso objetivo aqui não é listar os casos e detalhes, senão abrir o campo de visão do leitor para estes assuntos, deixando que decida o que corresponde ou não fazer, e o que está disposto ou não fazer, seja para sempre sustentar, seja para em algum momento implementar de maneira mais ainda adequada.


Muitas pessoas sentem-se bem para algum divertimento qualquer, cumpririam com qualquer compromisso, atividade, mas cansado, sem ânimo, sem vontade para a atividade sexual.
A Atividade sexual não é limitada a conexão dos órgãos masculino e feminino, senão que os beijos, as carícias, as sensações que em geral provoca-se e recebe-se são parte também indispensável desta Magia.
Portanto ainda que não haja o devido impulso à conexão por parte de um dos envolvidos, havendo a cumplicidade e o amor, certamente pode haver outras atividades, como estamos aqui reforçando, o que é geral chamado como práticas de Magnetização.

São estas atividades sem conexão dos órgãos, chamadas de Magnetização, porque acentuam a atração entre o casal, sem satisfazê-la, principalmente porque como não há realmente o ato sexual, a conexão, estimulam a vontade de um para com o outro.


Há indivíduos que não tem o ânimo para a atividade sexual, mas ao iniciar as práticas de magnetização, liberam-se de estados negativos e de mal estares que lhe impediam de manifestar estes impulsos.
Assim muitas vezes não é que não haja vontade ou impulso para isto, senão que outras preocupações e vontades se impõe entre o casal.
Por isto que afirmamos que estas preparações, este esforço, não apenas físico mas psicológico, são indispensáveis para o correto desenvolvimento destes Rituais Amorosos, fonte primordial da integração do casal e de todas as demais criações e esferas as quais tem de desenvolver-se.

09/02/16