zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Antropologia
Recapitulações

A Vida é algo bastante misterioso ainda que algumas pessoas sintam-se muito entendidas sobre o assunto. É certamente um tema que tem infinitos detalhes a serem vivenciados e compreendidos.


Passamos boa parte de nossa vida revivendo o passado, repetindo vivências de outros tempos, de outras eras, de outras existências. A Natureza tende sempre a recapitular tudo aquilo que já viveu antes de realizar novas criações.

O Feto, se observarmos todo o processo que ele passa, ele recapitula, revive o processo que todas as raças tiveram, até que este chegue ao mundo.
Toda a natureza, tudo quanto existe repete, revive o passado constantemente.
Nós revivemos durante a infância diversas cenas do passado, afinal a criação de uma personalidade para expressar-nos no mundo é um fato que repetimos a cada existência.

Esta constante repetição do passado ocorre até chegarmos ao potencial de poder viver "o presente" e então sim mudar o futuro, fazer realmente criações verdadeiras. Não é ao acaso que os sábios Mestres dizem que somente os Deuses podem criar, boa parte do que vemos no mundo são criações que já existiram e que a natureza simplesmente "recria", "repõe" no mundo. Célebres personagens da história não são mais do que repetições de antigos seres que existiram em eras passadas.

Os Bodhisatwas, Almas humanas de Mestres, se formos observar o processo que vivem no que seja o caminho iniciático, estes estão apenas recapitulando iniciações, equiparando-se mais uma vez ao Ser, para que uma vez chegando até a altura deste, possa o Ser seguir em frente em seu processo espiritual, iniciático, rumo a sua auto-realização íntima (do Ser).


É Muito comum que uma pessoa ao retornar ao mundo, depois de recapitulações básicas de desenvolvimento, passe a procurar aquilo que vivenciou no final da última existência, afinal fomos quem somos, e é natural que seja por virtudes ou defeitos, busquemos aquilo que temos pendentes para dar continuidade. Assim muitas pessoas voltam a mesma religião que tinham, ao mesmo ofício na vida, em fim, revivem os mesmos dramas, as mesmas alegrias, sempre claro acrecido das boas ou más obras pois em tudo age o Karma premiando ou castigando de acordo com a natureza e o resultado de nossas ações.


A Cada raça que tem a terra, se revive os processos de todas as raças precedentes, exatamente para que no auge desta recapitulação se possa inserir, criar o correspondente necessário ao "próximo passo" nesta escala evolutiva planetária. Boa parte do que hoje é ensinado no que diz respeito aos aspectos esotéricos como o Desdobramento Astral Consciente, assim como o desenvolvimento dos dons espirituais do Ser e das Almas, são parte da evolução natural desta humanidade, ainda que, como indivíduos isto esteja atrelado ao que chamamos Revolução, pois a pessoa vive um auge e logo invoui se não revoluciona, mas a nível planetário a próxima raça será de apenas homens autênticos, mostrando que isto faz parte de um processo "natural" do planeta, este passo que tem de ser dado, ainda que reforçamos que isto para o indivíduo está muito além de leis naturais de evolução, exige-se super-esforços e realmente padecimentos voluntários, trabalhos absolutamente conscientes realizar este grande passo.


Quem conhece a história das eras, quem chegou a obter o entendimento dos fatos que a natureza constantemente impõe ao mundo, facilmente pode prever o surgimento e o desaparecimento dos impérios e saber aproveitar a força imutável das repetições para saber quando é a hora de falar e a hora de calar, a ora de atuar e a hora de manter-se imóvel.
Um reformador (moral, esotérico, religioso, político, etc...) que atue no momento errado é pois fulminado pela corrente natural que tende a expressar-se em um momento exato.

Todos nós temos partes do Ser, frações espirituais auto-conscientes de nós mesmos, que tem esta sabedoria e que nos guiam, por meio da consciência a que façamos o que temos de fazer, quando temos de fazer. Não é fazer logo, não é fazer com calma, é fazer quando há o impulso.

Claro que necessitamos liberar-nos de todo impulso equivocado, negativo, antagônico ao Ser, qualquer egoísmo, qualquer medo, qualquer expectativa equivocada é suficiente para nos tirar este sentir e este sentido que nos guia sempre a realizar o que há de ser realizado no momento que tem de ser feito.


Precisamos fazer-nos conscientes destas recapitulações exatamente para compreender e romper com todo mal, e executar plenamente tudo aquilo que esteja de acordo com nossa Consciência e nosso Ser.

O Tempo é uma curva fechada e constantemente repetem-se os fatos, seja o dia que constantemente nasce e se põe, as semanas que terminam e começam, os meses, os anos... tudo é cíclico e tende a repetir-se, o mesmo ocorre com todo o universo, até mesmo o átomo e com qualquer homem ou estrela celeste.

31/01/14