zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
A Ganância

Nossa sociedade como hoje vemos, é certamente o resultado final da Ganância.
Tanto na política como em todos os setores humanos, sejam eles sociais ou pessoais, privados ou públicos, encontramos nas bases desta sólida fundação maligna a Ganância.

Esta ânsia por querer tudo, este profundo desejo de se ter tudo, é o que no fundo torna nossa sociedade o absurdo que é.
Infelizmente mesmo aqueles que criticam a ganância política, e discordam dos crimes ocorridos nesta área, à sua maneira infelizmente cometem tantos delitos quanto estes, apenas que não percebem visto que ocorre em outro nível, e envolve o próprio indivíduo que fica cegado por seus anseios mundanos.

Não pensemos que esta ganância escapa os pequenos detalhes diários de vida de cada um, senão que como a proporção é menor, geralmente passa desapercebida. Seja de nós mesmos, seja dos demais.

Este impulso exagerado de possuir mais do que corresponde, é o que gera este desequilíbrio da balança e faz com que uns enriqueçam e outros empobreçam drasticamente.
É a ação deste valor negativo que causa a descrença e o descrédito em todos os setores, sejam eles políticos, religiosos, mesmo serviços básicos como Medicina, Educação, etc...

A Ganância sempre esconde-se entre sorrisos e apertos de mão, abraços e cumprimentos amistosos. Comumente a Ganância é manifesta de maneira agressiva, mas sempre oculta, branda aos sentidos ordinários por conta destes fingimentos e falsas amistosidades.


O Superfaturamento, o ganho excessivo, sobre qualquer serviço ou produto, é certamente fruto da ganância.
O Roubo é filho da Ganância, pois a pessoa toma de outro o que não lhe pertence, o que não lhe corresponde.
Mesmo que não pareça, toda ação gananciosa é por si só um roubo, um crime contra o indivíduo e contra a sociedade.

A Ganância é o peso malígno que desequilibra a Balança do Comércio e da Economia, e por consequência da Justiça Cósmica... Pois tira de um o que lhe corresponde, impedindo este de realizar o que realmente lhe é devido. E por outro lado faz outro ter muito além do que lhe é devido, e o desloca dentro do que seja seu propósito e seu destino.

Escolher uma profissão diferente daquilo que corresponde a cada um, seja por um status, seja por dinheiro, é certamente o resultado da Ganância.
Claro existem ganâncias ocultas, como em seguir rumos distintos daquilo que nos corresponde no mais Íntimo daquilo que somos.
O Motivo das pessoas ignorarem o que corresponde a estas viver, é certamente a Ganância em querer serem mais do que são, em querer ter mais do que tem.

Não estamos falando em conformismos, estamos falando do que realmente no fundo de cada um estamos destinados a Ser, a Ter e a Fazer e este comum crime em querer Ser, Ter e Fazer mais do que corresponde a cada um.
O Inverso também claro existe, resultado da preguiça, e de outros delitos menores, geralmente auto-infligidos e da Ganância de outros, que tomam o lugar daqueles que lá deveriam estar.

Nossa atual sociedade perece pela doença da Ganância. E os maiores criminosos, são certamente aqueles que abusivamente causam danos as massas por meio da Política, da Medicina, da Educação, da Religião, e corrompem os alicerceres de nossa sociedade, causando danos permanentes a estabilidade e a harmonia necessária à Vida.

07/06/17