zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
Esforços e Resultados

Bem sabemos que toda ação tem sua consequência.
Certamente percebemos que todo resultado teve uma origem.
É Certo que por mais que não sejamos capazes de entender a origem de certos resultados, ou que não sejamos capaz de calcular o resultado de certas ações, de certos esforços, sempre estão uns correlacionados aos outros.

Sempre que fazemos um esforço em um sentido, é certo que teremos o devido resultado, ainda que como já afirmamos, não seja o resultado esperado. Isto seja porque não entendemos profundamente o suficiente para prever tal consequência, seja porque são consequências que estão ligadas a fatores externos e alheios a nossa pessoa, a nossa vontade.

Mesmo o que se passe dentro de um indivíduo, não é algo individual, está certamente influenciado por forças externas, assim como estas forças internas também invertem no que é externo e isto de certa maneira molda os Resultados, também fortalece ou enfraquece certos esforços.

A Natureza tem uma cadência muito observável, a história tem sempre momentos de construção, de destruição, tem suas subidas e suas baixadas, e certamente quando nossos esforços coincidem com estas forças externas em atuação, nossos esforços são potencializados e nossos resultados mais fortes.


Tudo é sempre uma questão de foco, de vontade, de esforço... As pessoas não tem o que não querem, o que não estão realmente dispostas a ter.
O Fato é que ninguém é realmente incapaz de algo, senão que não está disposta a pagar o preço para chegar até tal fim. E Sabemos que o preço por vezes é demasiado elevado, que por vezes o caminho até tal objetivo é por demais incerto e difícil, mas a verdade é que quanto mais severa a jornada para um fim, certamente mais valioso e maravilhoso deve ser o resultado.

Todas as coisas que se obtém com facilidade, que não requerem esforço, certamente é porque não tem grande valor, ou são apenas meios para outros fins, se estamos dispostas a sacrificá-las.

O Tempo passa e as pessoas sempre justificam-se em sua incapacidade de realizar por vezes aquilo que mais anseiam. E Infelizmente as pessoas acabam nunca criando os meios para chegar aos fins que anseiam.
O Pior é quando uma pessoa analisa mal sua psicologia, a própria vida, e se dedica firmemente com um propósito que é sem sentido e vê-se sem chão quando chega a completar tal façanha, a conquistar tal resultado.

Assim que há também de buscar em nosso coração, em nossa consciência o que realmente seja nossa mais profunda vontade realizar, conquistar e somente então, objetivar isto como um fim e traçar então os caminhos para tal situação, para tal objetivo.


Todas as coisas da vida tem seu lugar, o problema é que as pessoas não sabem o que são meios, o que são fins, ou seja, muitas pessoas buscam um meio como se fosse um fim, e buscam um fim como um meio para algo.
No sentido esotérico vimos muitas pessoas buscando poderes para serem sábias e justas, e é sempre o inverso, os poderes são apenas um resultado da conquista da sabedoria e da justiça interior. Não é o Poder que conduz à Sabedoria mas a Sabedoria que nos dá o Poder que somos capazes de sustentar e de esgrimir com justiça.

Na vida cotidiana muitas pessoas buscam a Fortuna Material, os bens, o dinheiro como um fim, e isto tudo são apenas meios para a realização de outras coisas que realmente tem um fundamento.
Grande parte das pessoas que se perderam no mundo, o fizeram pela ganância financeira, abandonaram o sentido real da vida, por conta do trabalho e desta luta por obtenção de recursos.
Não nos opomos jamais ao trabalho, mas se buscamos a perfeição espiritual, necessitamos encontrar o caminho que nos corresponde, levando sempre em conta o que é justo, o que é honesto, e acima de tudo tendo o restante das coisas como um meio para chegar a este fim, e não o inverso.
As pessoas são tão invertidas nos dias atuais que buscam o espírito (a parte espiritual, a Divindade) para pedir coisas materiais. Usam o Espírito como um meio para um fim Material, em vez de ser exatamente o inverso, a matéria como um caminho ao espírito.

Muitas pessoas acreditam estar no caminho e na verdade estão tremendamente perdidas em suas vidas. Isto porque como já dissemos em contatos anteriores, tem em si muita informação, muito conhecimento, mas não tem Consciência de nada disto que leva em seu interior como conceito, como teoria.
É muito comum vermos as pessoas fazerem do Espírito um fim para coisas Materiais, e isto vemos nas próprias religiões já sem espírito aonde a Espiritualidade é apenas um meio para arrecadar Dinheiro, para obter recursos, coisas materiais em geral.

Temos de ter muita atenção em nosso interior, pois muitas das pessoas que tem dentro de si impulsos verdadeiramente divinos, acabam por silenciar e por sacrificar o próprio Cristo que em seu interior nasce, porque este fala contra o que se está estabelecido, contra o que está errado e precisa ser corrigido se é que almejamos o Espírito. E as pessoas o matam, o próprio Cristo interior, porque o confundem com uma força qualquer, como mais um rebelde contra o espírito enquanto que é o próprio espírito falando, dentro de cada um de nós.

Assim que realmente temos de aprender a ver, e a sentir nosso interior e reconhecer cada coisa que se manifesta e dar a cada qual sua adequada atenção, seu destino. Assim triunfamos na Vida, assim Triunfamos no Caminho.

19/09/17