zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
Compreensão e Vontade

A Vida tem muitos caminhos, sempre surgem muitas possibilidades de realizações, de escolhas.
Mesmo aquilo que possamos vir a escolher mudar, aquilo que queremos escolher como destino, sempre depende da compreensão de onde encontra-se e os meios para chegar lá. Também, é claro, a força para realizar as mudanças necessárias, em sustentar pelo tempo necessário tal rumo de ações.

Existem duas colunas torais no Templo interior, a qual podemos dar muitos nomes, mas que de certo ângulo, podemos chamar também de Compreensão e de Vontade.
Compreensão e Vontade, nada mais são do que a Luz e o Fogo, a Sabedoria e o Poder, a Misericórdia e a Justiça.
Um não existe sem o outro, no sentido de que se tornariam forças vazias e sem propósito, sem nenhuma utilidade.

A Compreensão é a visão espiritual, a Luz, o entendimento superior das coisas, é o que nos permite saber o que é justo e o que não é, o que nos corresponde e o que não nos corresponde. No entanto apenas Saber, sem sermos capazes de Ser, de executar, de realizar, é o pior dos martírios, pois aquele que não realiza algo porque ignora, sofre sempre menos do que aquele que realmente compreende mas é incapaz de Ser.

A Força é o poder Espiritual de realização, é o fogo que destrói as barreiras, que reduz aquilo que tem valor (os metais) ao seu estado maleável e que tem o poder de construir e de reconstruir tudo. No entanto este Poder, sem a guiatura da Luz, sem a guiatura da Compreensão, somente criaria caos, somente traria destruição, nenhuma criação pode verdadeiramente ser feita sem a mescla da Luz e do Fogo.


Nosso universo interior, cada mínimo aspecto de nossa Obra, depende da união destas duas forças em uma menor ou maior proporção, de acordo com o estágio, com o momento que estamos vivendo.
É Claro que por detrás mesmo desta compreensão, desta vontade, estão ainda forças superiores, ainda mais verdadeiramente Espirituais, guiando e conduzindo tais processos.

Toda mudança interior, torna-se possível quando a Luz da compreensão recai sobre tal aspecto negativo que necessita ser destruído em nosso interior, e o Fogo da Vontade maneja seus flamejantes esforços em direção a este fim, a esta profunda e verdadeira mudança almejada.

É óbvio que sempre o exterior é um reflexo do interior, e ainda que o problema, o delito, seja algo que ocorra em nosso dia a dia, fora de nós mesmos, necessitamos antes de mais nada resolvê-lo, dentro de nós. Assim que sempre se necessita realizar esta jornada interior, até o mais profundo daquilo que somos, com o objetivo de alterar nossa natureza interior.

É Certo que a Compreensão tem muitos aspectos, também que a Vontade tem diferentes formas de manifestação. Assim como nossos defeitos são múltiplos nossas Virtudes são múltiplas e dentro de uma virtude, se manifestam diferentes aspectos daquela mesma virtude, assim como ocorre com os defeitos.

O Que queremos dizer é que a Compreensão pode ao mesmo tempo ser a Bigorna aonde se coloca o objeto a ser trabalhado, como a pinça que segura o objeto, ou mesmo a forma aonde é depositado o metal incandescente para dar a forma desejada. A Vontade pode ser tanto o Martelo que esculpe e dá forma, como a fornalha que derrete os metais ao seu estado primordial e o purifica de suas impurezas, bem como uma série de outros implementos ligados a força.
Em nosso interior igualmente podemos observar diferentes aspectos da Compreensão, diferentes aspectos da Vontade. Assim que há diferentes aspectos da Compreensão, diferentes aspectos da Vontade, as quais tem de ser aplicadas nos diferentes momentos, ao longo da realização de algum processo de transformação.

Quando falamos em Compreender algo, certamente não falamos de algo que ocorre instantaneamente, há um processo aonde somente após Compreender certo aspecto e de certa maneira, e esgrimir uma certa vontade sobre ele, que a Compreensão necessita mais uma vez ser utilizada, de uma forma diferente, assim como o exemplo literal do manejo das coisas físicas.

Esta Jornada Interior, requer que realmente sejamos capazes de nos integrar totalmente com a Luz e com o Fogo interiores, e de compreender e esgrimir as diferentes partes, os diferentes níveis destes Divinos Aspectos.
A Compreensão e a Vontade, são claro desdobramentos da Luz e do Fogo, mais além disto, mais abaixo disto, há outras formas com que estes princípios eternos se manifestam. Os Próprios Pensamentos e Sentimentos, o próprio Corpo Vital e Físico são desdobramentos inferiores destes mesmos princípios.

07/12/17