zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
O Crepúsculo, a Luz e as Trevas

Luz e Trevas são duas forças complementares e opositoras.
Quanto mais a Verdade, a Luz se expressa, mais tenebrosa e escura se faz as Trevas.

Há muitos momentos aonde a Luz não brilha, pelo simples fato de não gerar energia, não gerar força para uma manifestação Tenebrosa ainda maior.
É certo que Luz e Trevas também se alternam ao longo da humanidade, e quanto maior e mais intenso seja o período da Luz, maior e mais intenso será a manifestação sombria.
Assim que a Luz sempre tem de dosar o remédio, para que não se torne um veneno amargo do qual a humanidade não consiga recuperar-se, quando vem o outro extremo.

Quando dizemos que o Cristo brilha por um instante e logo aparece em meio a multidão, é exatamente por conta desta terrível verdade, e por conta destes momentos os quais o mel vira fel.


A Luz sempre brilha para todos, e a todos há de levar-nos ao lugar da Luz, mas inevitavelmente para fazermos parte da Luz, a Luz necessita penetrar no interior do homem e ali fazer sua morada. Muito poucos indivíduos estão dispostos a abrir sua atmosfera tenebrosa e permitir com que a Luz entre e habite em seu interior.

Quando a Luz passa a brilhar dentro de um indivíduo, quando esta Luta que há fora de nós é trazida para o nosso interior, então começamos nossa própria jornada até a realidade mais além de nossa realidade, uma jornada até o que é verdadeiro e ao que é belo. Infelizmente necessitamos atravessar a Terra e mesmo o Abismo antes de chegar até o lugar prometido e isto é garantia de sofrimentos e profundas transformações íntimas.


O Mínimo que possa um indivíduo realmente aprender da realidade da vida, da realidade mais além desta realidade que conhecemos, já é um grande ganho para sua jornada que não termina com a morte, senão que continua até o fim de seus dias, e que se realmente encarnou em si tal Luz, nunca se perde.

A Extrema Alegria e a profunda Tristeza geram profundas marcas em nossa Alma e isto inevitavelmente não pode ser apagado, são aprendizados que levamos eternamente no mais profundo de nós mesmos. Todas estas experiências marcantes em nossa vida, mudam intimamente aquilo que somos e nos transformam em algo distinto, seja em direção a Luz, seja em direção às Trevas.

O Crepúsculo é um momento aonde a Luz e as Trevas elevam-se de igual maneira, é aquela transição que existe entre o dia e a noite, e a noite e o dia. É o momento aonde o potencial das duas coisas é idêntico e como duas colunas torais, geram uma porta, um portal, o qual torna-se possível o verdadeiro ingresso aos Mistérios.


Uma pessoa poderia identificar-se com a Luz quando do Dia, e uma pessoa poderia ficar fascinada pelas Trevas durante a Escuridão da Noite. Mas somente poderia fazer uma escolha definitiva durante seu crepúsculo, aonde estas forças ao mesmo tempo e de igual maneira mostram suas faces e estendem a mão a pessoa que busca seu caminho.

04/01/18