zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
Soluções Temporárias e Definitivas

Todos os dias de nossa vida encaramos diferentes situações, umas as quais temos grande habilidade em resolver, outras que nos são dificilmente resolvíveis.
Isto quer dizer que muitas coisas finalizamos de imediato e são dadas por resolvidas, mas que também muitas coisas acabam ficando sem o devido e adequado desfecho e criam situações as quais temos de lidar novamente cedo ou tarde.
 
E não estamos dizendo que não seja sábio não dar um desfecho em algo que não temos capacidade de resolver, senão que temos de ter Consciência que serão situações que nos buscarão mais tarde neste caminho que é a vida e que teremos novamente de lidar, quando estivermos preparados.
 
Ainda as coisas que resolvemos, por vezes a resolução é inadequada, incompleta e precisamos lidar plenamente com isto quando chegamos a novas etapas da vida, do caminho.
Isto quer dizer que uma solução por vezes é adequada para o momento, mas não é a solução definitiva, perfeita, também que por vezes não é solução, é apenas um verdadeiro remendo para algo que ainda tem de ser resolvido.
 

Nós precisamos realmente lidar sempre com a realidade dos fatos, resolver o que é possível resolver, procurar dar a tudo sua devida solução, no seu devido tempo.
Muitas situações acabam se complicando demasiado conforme adiamos sua resolução e isto é algo que tem de ser levado em conta antes de pensar em adiar tais resoluções.
 
O que nos parece difícil resolver agora, devido ao custo que tem, em outro momento pode se tornar realmente impossível de se resolver, ou com custos ainda maiores.
 
Muitos claro confundirão situações que não podem ser resolvidas com situações resolvíveis. Assuntos que podem ser concluídos com aqueles que em determinado momento não tem solução. E isto certamente é o primeiro que temos de aprender, a avaliar realmente, sinceramente, o que é o que e então como resolver, solucionar.
 

Todas as coisas tem um momento para Ser, e quando nos antecipamos, ou nos atrasamos em resolvê-las, o resultado nunca é o mesmo que quando ocorrem no momento exato aonde é possível uma resolução perfeita.

Vejam que se uma pessoa sofre, e lhe dizemos algo antes de que esteja em um estado aonde se tornou receptiva a palavra, aquilo que lhe é dado não chega até aonde deveria chegar, não encontra um eco em sua Consciência.
Igualmente se esperamos passar o momento oportuno, e exato o qual deveria ocorrer esta intervenção, igualmente de certa maneira a pessoa já tomou um caminho, já fez uma escolha e dificilmente reavaliará em base ao que está sendo dito.
 
Isto claro vale para qualquer coisa, dentro e fora de nós. No que seja individual e no que seja social.
 
Muitas pessoas anelam mudar a humanidade, no sentido de dar a ela um destino Espiritual. Querem realmente solucionar os problemas do Povo, e mesmo isto tem seu tempo, tem seu momento.
O Porque que não vemos uma intervenção Divina ocorrendo a cada momento triste e sombrio que vive a humanidade, é porque cada coisa tem seu tempo e primeiro necessita-se um aprendizado por parte das gentes, para que então possam receber em seu devido momento, o bálsamo para suas dores e a solução para os seus problemas.
 
Isto porque há um momento aonde o próprio indivíduo encontra dentro de si mesmo estas respostas e acaba por reconhecer estes estímulos fora de si mesmo.
Se observarmos as grandes mudanças que passaram a humanidade, seja na Luz, seja nas Trevas, elas ocorreram em pautados momentos aonde eram propícias estas mudanças.
 
E da mesma maneira que reconhecemos que o Dia e a Noite são necessárias a vida, a Luz e as Trevas se contrapõe sempre de maneira educativa para nos conduzir a algo mais além delas próprias, se assim estamos dispostos.

16/05/2018