zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Filosofia
O Estado das Coisas

Anteriormente falávamos acerca do Potencial das Coisas, temos de também assegurar que antes de mais nada isto do que é Aparente, podemos denominar Estado.
O Estado de algo, é como ele se encontra em determinado momento. Assim que cada objeto, cada situação, cada pessoa, etc., passa por diferentes estados dependendo de como as coisas progridem.

Entre o que algo está, ou seja, seu estado, há aquilo que ele no fundo É, que em outras palavras é aquilo que leva dentro de si mesmo, o que intimamente é, o que intimamente tem, seu Potencial.

O Potencial é uma Força de ação, enquanto Estado é uma forma de manifestação.


Já falamos sobre este mesmo tema de uma maneira um pouco distinta, e hoje falamos sobre isto novamente sob uma outra perspectiva, um outro ângulo.

Muitas pessoas fogem de certos Estados, porque o estado por si só lhe parece negativo, lhe parece desagradável, mas no fundo bastaria observar o Potencial disto, para saber que os Estados que este poderia alcançar por vezes são inalcançáveis de outra maneira.

A Própria Vida, ou melhor, a Existência, é algo que a sua maneira tem diversas questões difíceis, estados que faz com que as pessoas sofram muito, mas no fundo, cada um destes terríveis eventos, tem sempre um Potencial específico para ser transformado em algo completamente distinto, sublime, divino, por mais macabro que alguma situação pareça ser.

Temos de entender que não apenas o Potencial de algo, influencia no seu estado. Isto porque certamente cada indivíduo tem seu próprio Potencial, sua própria força, e quando aplica a uma situação, objeto, ou mesmo pessoa, influencia o Potencial alheio. Em outras palavras, se auxilia e mesmo se modifica o Estado, baseado na Potência que aplicamos.


No Esoterismo é dito muitas vezes acerca disto que é "Dosar a Luz", que em outras palavras poderíamos dizer que é o controle do Potencial Aplicado, afinal nem todas as criaturas e objetos aguentariam forças muito além de suas capacidades, e seus Estados em vez e ganhos teriam pioras significativas.

É Certo que há limitações nisto de modificar Estados projetando Potencias, porque há outras forças regendo, seja aquelas próprias no relativo ao que estamos buscando alterar, sejam forças universais que tem planos que muitas vezes são distintos daquilo que conseguimos perceber.


Muitas coisas somente ocorrem quando certos Estados são transcendidos, e muitos Estados somente podem ser transcendidos pela convergência de Diferentes Potências, ou Potenciais. Falamos muitas vezes de Dons Divinos, e temos de entender que uma coisa é aquilo que é a Potência Individual, outra é a Potência Universal. Há algo que limita o que é uma coisa e o que é outra, e depende desta potência superior, integrar-se com a inferior para que esta transcenda certos limites.

Há uma Potência que nos Forma, mas há uma Potência que forma o que nos forma e que nos é comum a todos. Isto significa que os Estados gerados pela primeira e pela segunda, e assim por diante, são completamente distintos e de tipos completamente diferentes.


Muitas criaturas são influenciadas por certos tipos de Potência, mas há criaturas que são influenciados por Potências superiores, exatamente por conta do que lhes corresponde realizar e do estágio, do Estado o qual se encontram no processo de Divinização.

É Certo que isto tudo que aqui falamos não é algo que seja cobiçável, ou mesmo desejável, apenas que quem passa por tais processos os vê, e os entende como algo natural.


Quando um indivíduo por exemplo se integra suficientemente com a força Cristo, ele carrega sobre si o Potencial Crístico. Obviamente seu estado não é de um Cristo, mas carrega em si o potencial para encarnar tal força.

04/10/2018