CLXV
Textos sobre Filosofia
Sintonia Espiritual

Ao observar o mundo, ao observar as criaturas, as relações, vemos que tudo, mesmo em um determinado nível, tem diferentes profundidades.
Quando as pessoas imaginam a Perfeição, realmente imaginam algo completamente Perfeito, sem máculas, e certamente assim é, não está errada a percepção, a questão é que existe a Perfeição da Perfeição, o resultado de um último ajuste de Sintonia, de Lapidação, ou como queiram chamar.

Algumas vezes a Perfeição é comparada ao Diamante, no sentido da Alma-Diamante, ainda assim, bem sabemos que o valor final de qualquer pedra está em sua lapidação, que dá sua beleza e sua qualidade única, o que em última síntese determina seu uso.

Hoje em dia temos televisores que captam as imagens transmitidas por meio de sinais analógicos e mesmo digitais. Isto que falamos pode ser comparado a isto, pois sabemos que qualquer canal pode ser sintonizado, pode ser visível a imagem, o som, mas ainda assim há ajustes finos seja na sintonia do canal de transmissão, seja ajustes como de cor, de volume e outros mais que tornam a experiência mais realista, mais agradável, mais adequada.
Seja na relação Homem-Espírito, seja no sentido do trabalho Íntimo sobre nós mesmos, há sempre o que fazer, há sempre o que aperfeiçoar.

Grande parte das ações que fazem as pessoas, acabam sendo o resultado de sintonias. O Indivíduo por seu estado psicológico, anímico, ele se põe em contato com forças mais além do mundo que conhecemos, e acabam sendo influenciados por tais forças.
A Grande Obra, é um esforço por entrarmos em sintonia, em alinhamento com nosso próprio Espírito Divino, manifestá-lo, encarná-lo, em um primeiro momento. Posteriormente fazer perfeita esta integração, e posteriormente encarnar e integrar forças ainda maiores que nossa própria Divindade Interior.

A Questão é que muitos indivíduos não sentem este chamado às coisas Espirituais, porque não se põe em sintonia com este princípio interior que pode lhes guiar, lhes ajudar. Muitos também acabam em algum momento de sua jornada perdendo tal afinação, tal integração e ficam estancados em algum processo, em algum momento de suas vidas.


Também há casos de indivíduos que por um estado negativo, por constantemente evocarem pensamentos, sentimentos, instintos negativos, alinham-se integram-se com forças submersas, forças destrutivas, que acabam lhes guiando, e integrando-se de maneira a lhes conduzir a um outro tipo de realizações.

Todas as coisas estão interligadas, a questão é simplesmente sintonia, para as sentirmos, para integrar-nos com elas.
Quando falamos de Telepatia, quando falamos de Intuição, entendemos que criaturas afins acabam tendo uma facilidade de ler tais influências internas projetadas. Por isto que gêmeos, que Mães e suas proles, que Enamorados, verdadeiros amigos, acabam tendo uma Percepção profunda em relação ao outro, porque conseguem de alguma maneira captar o que o outro sente, o que o outro passa, indiferente da distância ou do silêncio.


Quando alguém busca assessoramento Divino e evoca forças Superiores, em geral há a exigência de que o Invocador esteja em sintonia com o Invocado. Por isto que os Rituais exigem objetos, símbolos, elementos afins ao princípio que é chamado. Quanto mais integrado seja o Clamante com a força Invocada, melhor será o resultado e estes objetos, estes símbolos, toda esta reflexão e integração com tais princípios propiciam certa integração, certa sintonia com tal força.

O Trabalho não consiste apenas de encontrar estas Sintonias, mas de ser capaz de reproduzi-las conforme seja necessário, quando seja propício. Igualmente sermos capazes de não perder tais sintonias, uma vez atingidas. Este último claro falando de nossa Sintonia Interior, no relativo ao que seja nosso Espírito, afinal o Homem nada é sem sua Divindade.

Entendam que ninguém poderia auxiliar realmente a ninguém, sem antes ser capaz de integrar-se com seu próprio Espírito Divino e com a criatura que se almeja ajudar. Ou seja, sustentar duas relações perfeitas para dar ao indivíduo o que ele realmente necessita, para colocá-lo na direção que precisa ser colocado.
É Claro que o resultado final sempre depende do próprio Indivíduo, se o mesmo está distante do que seja seu Destino, e se não segue a direção apontada, é uma escolha de cada um, também é o resultado de cada um, ocasionado por suas escolhas, por suas capacidades.

03/12/2018