CLXV
Textos sobre Filosofia
A Face de Deus

Na atualidade vemos muito as pessoas pedindo inúmeras coisas à Deus, agradecendo por diversas coisas à Deus e no fundo vemos que não estão corretos ao atribuir a Deus tais acontecimentos.

Muito do que as pessoas atribuem a Deus não é o resultado de sua manifestação e de sua intervenção, não é sua Obra.
Assim também há no mundo muito que se imagina NÃO ser obra do Criador, e no fundo é o resultado direto da vontade e da guiatura e até mesmo da intervenção da Divindade.


As Pessoas são extremamente superficiais, o que lhes traz agrado imediato é bom, o que de imediato lhes desagrada, supostamente prejudica, é ruim.
Isto explica muito o egoísmo que abunda no mundo. O Alcoólatra tem o prazer imediato do seu vício e aquilo lhe parece bom, ainda quando haja por detrás deste crime, uma série de implicações que a curto e longo prazo destroem tudo aquilo que tem e que já fizeram, e aquilo que poderiam vir a ter ou mesmo fazer.
O Glutão no relativo aos alimentos em geral ocorre o mesmo, ele tem o prazer imediato de algo e aquilo por si só é maravilhoso, ainda quando o dano geral e duradouro de suas ações é terrível.
A Fúria do iracundo de igual maneira dá ao possesso pela raiva uma sensação de prazer ao manifestar-se, ainda quando ainda que de imediato e a longo prazo destrua tudo aquilo que realmente tem valor.

Vejam que é de igual forma que as pessoas observam a Divindade... Seus desejos mais sombrios, suas angústias mais tenebrosas é o que esperam que a Divindade lhes ajude. Não querem deixar de cometer o mal, pedem apenas que o resultado de suas ações seja ignoradas, que suas doenças que são a direta consequência de seu mal, seja destruída para que possa continuar em suas maldades, em seus erros, em seus crimes, impunemente, continuamente, eternamente.


O Que vemos, é que a Divindade mais atua por permitir e colocar doenças nas pessoas, do que curá-las... Porque Deus em sua sabedoria tem o conhecimento do ontem e do amanhã, ele tem poder e sabedoria sobre a criação desde o princípio até o fim, e mesmo antes que tudo fosse e até depois de tudo que há de ser.
E mesmo que algo pareça a pobre pessoa ruim, mal, nefasto, no fundo é o maior benefício que poderia ter, porque é o sinal, é a ajuda para que mude, verdadeiramente, definitivamente.

Muito dos esforços das pessoas por curarem-se, por resolver os problemas aparentes, são apenas desejos equivocados, esforços equivocados. Deus não tem de ver, se uma pessoa se entope de remédios ou se opera-se e remove algo que lhe fez mal, e fica "boa". Deus não está preocupado com nossos corpos, com nossa Vida humana.
Se estivesse, teria protegido e defendido ao Cristo, em suas vindas a Terra e não teria sofrido tão terrivelmente, não teria sido atacado, perseguido, humilhado, espancado, MORTO!

Não, Deus não está preocupado com as temporárias mazelas humanas, ele quer nos dar o dom dos dons, quer nos dar a ajuda maior que todas as ajudas...
Ainda que os religiosos equivocados creiam ter o pé no paraíso, a verdade é que temos de conquistá-lo, temos de merecê-lo e isto fazemos por aquilo que nos tornamos, por aquilo que fazemos em fatos aqui e agora.

E ainda que alguém não almeje a bondade, a vida eterna, vejam o que o Cristo deixou de espólio de sua vida para a humanidade. Vejam os ensinamentos, a sabedoria, o exemplo que fora deixado...
Ou seja, o que fez humanamente que tanto bem faz àqueles que sabem verdadeiramente seguir seu ensinamento, seu exemplo.


Muito do que aqui é dito tem um peso muito grande, e certamente é de difícil aceitação para praticamente todos... Mas o que aqui é dito é a realidade, a verdade, ainda que doa escutar.

Teríamos muito, realmente muito a dizer sobre este assunto, e infelizmente a atual humanidade não tem condições de ouvir, não está pronta para aceitar a realidade tal qual é. Ainda assim, sempre haverão homens e mulheres que saberão intuir a verdade e seguir os desígnios de Deus, indiferente da época e do lugar que estejam.

Recordemos que o que hoje é comum e normal não foi ontem e não será amanhã e certamente algo completamente distinto é a realidade imutável ao longo das eras e das gerações.


25/02/2019