CLXV
Textos sobre Filosofia
A Sabedoria

Quando vemos os ensinamentos que nos deixaram os sábios Mestres, é muito fácil por nossa limitação, imaginar que aquilo que eles ensinam é algo que está atrelado ao aprendizado de sua existência.
Mas a realidade é que todos nós acumulamos muito aprendizado, muita sabedoria ao longo das eras, afinal cada fato vivido nos modifica, cada compreensão, cada questão que levamos a consciência torna-se parte de nós.

Assim que os Mestres o que ensinam é aquilo que puderam compreender e vivenciar ao longo de inumeráveis existências, ainda que este desabrochar de seu ensinamento ocorra algumas vezes apenas em uma das muitas existências que tiveram.


Conforme vamos trabalhando sobre nós mesmos com o objetivo de remover de nós tudo aquilo que é contrário a esta natureza superior que corresponde ao Ser, a Consciência, vamos reencarnando esta sabedoria que de certa maneira já temos mas não temos auto-consciência da mesma.

É muito fácil alguém crer-se grande, crer-se sábio, seja pelo estudo das coisas humanas, seja mesmo pelo intelectualismo esotérico, o estudo do ocultismo, até mesmo pela verdadeira espiritualidade. O Problema disto tudo, e também a realidade, é que nada somos. A Verdadeira sabedoria traz isto, a realidade do que somos, a nulidade a qual pertencemos, diante da Majestade que reveste estas partes internas a qual somos apenas um dos muitos desdobramentos.


O Caminho nos exige muitas coisas, realmente nos exige muito.
Afinal simplesmente para sermos aceitos como "iniciados", temos de ter o coração livre de todo peso, para poder iniciar esta jornada rumo a nosso Real Ser.

É claro que nenhuma ação deixa de ter sua consequência, nem nenhum sacrifício fica sem seu benefício.
Podemos afirmar sem nenhuma sombra de dúvida que muito ganhamos, realmente muito ganhamos neste caminho.

Quanto mais damos, mais recebemos, quanto maior a entrega, maior a atenção, maior a luta em busca da santidade (e demais fatores), em busca de dissipar o erro em nós, também maior será o retorno disto em nós, o resultado deste esforço.

Os poderes, a sabedoria, é algo que vamos recebendo na proporção do trabalho que realizamos, dentro e fora de nós. São pagamentos por serviços realizados, também porque o indivíduo passa a ter condições de lidar tanto com os dons como com esta sabedoria.

Também que recebemos cada um de nós as ferramentas de acordo com o trabalho que vamos realizar.
Recordemos de outra questão que tempos atrás afirmávamos, na questão da vida de cada um, das dificuldades que cada um sofre, são nestes difíceis momentos aonde retiramos o aprendizado necessário para o que temos de viver.

30/07/14