CLXV
Textos sobre Metafísica
Paraísos Tentadores

Pergunta: No livro sobre sacrifício e despertar há uma citação sobre Moloch, li e achei muito interessante o caso dele, como um ser que estava no absoluto pôde cair? Como um ser que provavelmente conquistou muitas batalhas (porque o caminho tem sua dores) caiu? Faltou consciência para este ser? Eu sei que isso está muito além do racionalismo, mas tem como vocês da CLXV, citar alguma coisa a respeito da queda dos Deuses, anjos etc.

Resposta:

Realmente a Obra tem muitos mistérios. Há muitas coisas neste caminho que somente vamos compreender se tivermos Consciência, por isto a importância de lutar por este Despertar. Existem detalhes no caminho que só vamos descobrir se nós mesmos formos buscar respostas, porque ninguém poderá nos dizer o que fazer em alguns momentos, até porque não sabem.
No caso de Moloch, ele viu que não estava na região mais interna do Absoluto, e ao questionar os outros Mestres, lhe disseram que ninguém poderia entrar lá, que não existia Poder capaz de penetrar nesta região.

Então veja, ele tendo a consciência que tinha, um Bodhisattwa que fez seis vezes a Obra, entendeu que a única solução seria jogar a pedra na água pela sétima vez, porque dentro do Absoluto ele não tinha como fazer nada para ingressar naquela região, estava estancado.. e se viesse a existência o Ser não viria com ele, ele estaria sozinho como Bodhisattwa... era algo novo mas não havia outra possibilidade.

Pela consciência que ele tinha, a lógica (que não é uma lógica intelectual mas da consciência) é que teria que tomar corpo físico e fazer este sacrifício sozinho.
Ele sabia que estaria violando a única lei, que é não jogar a pedra pela sétima vez. Sabia que iria parar no Abismo, que se tornaria um Mago Negro e todas as conseqüências nefastas que isto teria.
Alguns dizem que Moloch caiu por uma ganância de penetrar aonde não deveria, e outras coisas, mas a verdade só saberemos muito provavelmente no dia que este Bodhisattwa terminar este processo dele, e quando retorne ao Absoluto.. então veremos se ele foi mais longe que todos ou realmente regressou como um qualquer que nunca fez a Obra.

Mas veja o exemplo do Nirvana... muitos Mestres fazem a Obra, chegam em uma Quinta Iniciação de Mistérios Maiores e ficam no Nirvana, muitos Mestres fazem a Obra Três vezes e ficam no Absoluto. São poucos que fazem a Obra o máximo que há para fazer. Entendo que como era um Bodhisattwa que compreendia os Mistérios que estão mais além do bem e do mal, ele entendeu que o propósito final de seu sacrifício, seria servir de adubo para os Mestres da Loja Branca, então que ocuparia um espaço no Abismo... e quem sabe assim possa ingressar nesta ultima região do Absoluto. Ele foi ousado, mas a ousadia, a fé e segurança em si mesmo foi o que permitiu buscar uma solução para este enigma do Absoluto.
Veja que a Maestria tem muitos níveis. Para um Mestre que chega a quinta de maiores e ingressa no absoluto, as pessoas comuns e correntes são equivocadas, os que seguem adiante na Obra, são igualmente equivocados no entendimento deste Ser que escolhe o Nirvana. Igualmente será para quem fez, uma, três ou seis vezes a Obra, há uma grande similaridade.

Somos tão pequenos em relação a estas coisas que realmente claro fica difícil entender, mas neste mesmo material citávamos provas que são dadas ao Iniciado pelo próprio Ser, quem garante que esta afirmação de seu Ser e dos Deuses de que ninguém pode ingressar nesta região não é mais uma prova? Por isto que temos que seguir a consciência, há momentos em que não se pode confiar em nada nem em ninguém, porque o que se está sendo provado é a capacidade de discernimento desta criatura frente a estes eventos.

Sobre a queda dos Deuses, há Deuses (que não deixam de ser Bodhisattwas destes Mestres) que caem porque se enamoram e acabam tomando sexualmente mulher quando já não é permitido... isto já tivemos muitos casos. Desobediência ao Ser, ao Guru, a Loja Branca, igualmente pode levar a quedas no sentido de abandono espiritual. Claro que em alguns momentos certas orientações são provas, e isto que dificulta tanto o caminho. Mas muito certamente antes de mais nada é provada a lealdade deste iniciado ao Ser, ao Guru e a Loja Branca, posteriormente seu entendimento e sua consciência frente a estas ordens.

No caso de Moloch é algo muito grande para se entender, principalmente porque até os Mestres dizem que ele regressará como uma mônada que não se auto-realizou.. exatamente porque violou a única lei. Mas vamos ver se isto vai mesmo acontecer... no que diz respeito a Obra, temos que ter os olhos muito abertos, porque há muitos mistérios que jamais se entregariam assim tão abertamente.


30/12/11