CLXV
Textos sobre Metafísica
336

Tudo quanto existe, tudo quanto vemos, tem algo por detrás de sua forma, algo que o anima, que o dá vida.
Mesmo as palavras, sabemos que não são apenas palavras, são sentidos, são formas de expressar algo que está mais além do que elas aparentam.
Assim os números, apesar de serem uma simples forma de expressar algo cotidiano, encerram mistérios e segredos que a muito são estudados pelos sábios.

Os números são seres vivos, são forças, são princípios tão ativos e perceptíveis quanto a própria gravidade terrestre.


Na noite do 24 para 25 de dezembro deste ano, tive uma notável experiência simbólica, aonde estando juntamente com um irmão do caminho, me via em um lugar cercado por grandes montanhas, por onde a luz chegava maravilhosamente a iluminar um pequeno lago de águas calmas e transparentes. Ao centro deste formoso lago, havia uma escotilha circular metálica, que dava acesso a um enorme ambiente, que certamente era muitas vezes maior em extensão que o próprio lago que se apresentava na superfície.
Dentro deste local, viam-se três pinguins, três dromedários (camelos) e um elefante.

Intuitivamente via o significado da experiência como resultando nos números 336.

O Que percebi eram que os seis animais, três e três de cada, simbolizavam as duas tríades; a inferior pelos Pinguins, e a superior pelos Dromedários. Que é o que forma o tão conhecido Selo de Salomão, que é a união destas duas tríades, simbolizado também na forma do Elefante, esta união (3+3 = 6).

Sem adentrar em maiores detalhes de todo este rico simbolismo que se apresentou, vale ressaltar que o número 3 significa "Produção", tanto material como espiritual, e que o 6 assinala Vitória e "boa sorte" no simbolismo que encerram os números.


Certamente algo que custa muito ao Iniciado do caminho aprender, é a mover-se sob o impulso do Íntimo e por consequência libertar-se de toda classe de conceitos e preconceitos que impedem com que siga com aquilo que o Íntimo lhe ordena, através de seu coração.

A Mente nos mantém presos a conceitos, a a crenças, e a todos estes sistemas que inevitavelmente são obstáculo para o encarne e expressão do Íntimo.
É Lamentável que na vida estejamos presos a aparência e que simplesmente reacionemos diante de cada evento, sem levar em conta o que há por detrás deste evento, ou seja, aquilo que o Íntimo nos dá de impulso a cada momento de nossas vidas.

29/12/14