zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Metafísica
As Asas do Espírito

Dias atrás relatávamos uma vivência aonde invocávamos a Divindade, desde os Mundos Internos da Natureza, e certamente sentíamos muito forte a manifestação desta espiritualidade transcendente, algo que certamente só ocorre daquela maneira, nas regiões internas da natureza, mas que tem seu equivalente no físico, também nas regiões ainda mais superiores da natureza.

A Percepção que me refiro, é uma energia que emana da coluna vertebral e percorre todo o organismo. Mas principalmente se manifesta na altura do coração.
Como a energia se faz mais forte e evidente na altura do coração, e menos forte na proximidade da parte inferior da coluna, o que vemos é que forma um Triângulo Invertido.

É Certo que em algumas pessoas esta energia não apenas percorre o corpo mas se projeta como uma luz, como um fogo, para fora do organismo, formando aquilo que alguns clarividentes compararam muito corretamente com Asas.


Estas Asas Espirituais, formadas de energia transcendente, lembram muito as Auréolas dos Santos, que igualmente são o resultado de uma energia que neste caso se projeta da cabeça.

Me recordo que na minha infância sentia por vezes esta energia em mim, se me concentrasse adequadamente. O Resultado da manifestação disto é sempre uma aproximação com o Espírito e recordo que o organismo como um todo elevava-se graças a tais eflúvios que se manifestavam através dele.
Uma vez que aprendi a dominar tal projeção desta energia divina, e uma vez consciente nos mundos internos, repetia este mesmo experimento, exatamente para saber a diferença de realizar isto no físico e no interno. É claro que assim como a meditação que fazemos no físico, e a meditação que fazemos no interno são completamente distintas, o experimento certamente foi potencializado absolutamente, por estar estas regiões superiores da natureza.
Quando da invocação de Deus, que fora relatado em outra oportunidade, uma das manifestações que sentia, era exatamente esta energia que formam as Asas do Espírito, se manifestando fortemente.

Uma coisa interessante é que estas Asas, podem ser formadas a vontade, Abertas sempre que se tem a necessidade, uma vez que tenha-se chego até tal etapa iniciática, ainda que claro tenha-se nascido novamente, pois a vida é uma continuidade de existências.

Outra coisa que é também possível, e certa vez pude verificar, é que não apenas projetamos esta energia própria, de nossa própria coluna, mas podemos como já relatei, absorver esta energia Divina, quando nos integramos com o Espírito, ou mesmo absorver a energia circundante, da própria natureza, e então projetar esta energia como anteriormente relatamos.


Abrir tais Asas Espirituais, no sentido de fazê-las manifestas, tem obviamente um profundo sentido esotérico, e também servem para auxiliar os demais, quando se faz necessário uma intervenção maior, em suas vidas. Pois ainda que as pessoas possam não ver tal princípio Divino manifesto em alguma pessoa, não significa que não sinta de alguma maneira tal energia transcendental que envolve alguém em determinado momento.
Este é o motivo que algumas vezes alguém chama tanta atenção, inexplicavelmente, por conta de uma energia que carrega, que manifesta e que claro nem sempre é Divina.


Os Primeiros sinais desta energia, são chamados espirituais, impulsos que por vezes sentimos ao longo de nossas vidas, como uma tentativa de corrigir o curso de nossa existência e de impulsionar-nos à Espiritualidade. Algo que muitos ignoraram totalmente, e ainda que permaneçam envolvidos com assuntos espirituais, nada tem de espiritualidade.

18/10/17