CLXV
Textos sobre Metafísica
Solve e Coagula

Dissolver e Cristalizar é o que faz a natureza constantemente.
Os Homens coagulam-se fisicamente em uma forma física e logo ao final de sua vida dissolvem-se mais uma vez retornando as regiões internas, menos densas do que a vida orgânica tridimensional.

O Magnetismo direcionado em um ponto cria a condição de cristalizar algo, disperso ele dissolve.

Em Alquimia temos algo bastante similar a isto. Necessitamos purificar-nos mediante o mesmo método, dissolvendo nossos defeitos, nossos vícios e mal hábitos e cristalizando sua contra parte como virtudes, dons e atributos de nossa Alma.
Sexualmente, necessitamos acumular a energia já purificada (impregnada de virtudes) e isto é o coagular, a transmutação ou sublimação é a dispersão da energia física, material em Alma Espiritual desta semente (Sêmen / Libido).

Claro que a base do segredo está na castidade, no coitus reservatus, na prática sexual sem o espasmo, sem o orgasmo, sem a ejaculação. Com isto cumprimos com a primeira tarefa que é o acúmulo mágico desta energia criadora do Terceiro Logos.
Resguardar-se, dominar-se, é pois sutilizar a energia e dissolvê-la de sua forma tridimensional. Esta energia dissolvida fisicamente se cristaliza, se solidifica cristalizando sejam corpos internos, sejam planetas e sistemas psicológicos, dentro do homem.
Tudo depende do grau que esteja no trabalho Alquímico.

O Solteiro claro deve cumprir com a parte relacionada as virtudes, o casado já deve cumprir fielmente com todo o propósito do Solve et Coagula.
O Solteiro não deve preocupar-se em casar-se precipitadamente se não tem esposa, o principal é aprender a adquirir a virtude da castidade e eliminar todas as impurezas da alma que seja capaz de eliminar e cristalizar em si as virtudes e atributos da Consciência, da Vontade e do Ser.

Algo que já especificamos e explicamos é a importância da cristalização da individualidade. Isto se encontra neste mesmo mistério do Bafometo.

Antes que uma pessoa, que um homem (ou mulher) possa verdadeiramente dissolver-se em uma sobre-individualidade ele necessita cristalizar, coagular uma individualidade.

Todos os grandes Mestres foram indivíduos que souberam guiar-se entre as correntes ou a favor delas, mas sempre sem deixar-se levar por elas, senão que algumas vezes aproveitando de seu impulso e outras de sua repulsa.

Isolar-se em um primeiro momento para conquistar a individualidade é o essencial, entregar-se em cheio as realizações uma vez já purificado por esta capacidade é o necessário.

O Cristo é uma força muito maior que o Homem, não é algo Individual ou pessoal, é uma sobre-individualidade e é a isto que nos referimos.
No entanto esta força só é capaz de Dissolver-se em um homem e por meio dele, quando tenha sido capaz de Cristalizar-se como um indivíduo.

Existem três princípios na Natureza, A Luz, a Sombra e a Escuridão.
O Homem é uma sombra que é chamado a ser a Luz.
No entanto não pode encontrar a Luz quem não dissolveu em si a Escuridão.

Entendamos por escuridão tudo que é lunar e frio no homem (humanidade). Dissolver a escuridão (defeitos) e cristalizar tal luz (virtudes) é o Destino que cabe a todo Alquimista realizar.

12/11/12