CLXV
Textos sobre Metafísica
O Despertar da Consciência e a Sétima Sub-raça

O Despertar de nossa Consciência é algo que inevitavelmente deve acontecer se estamos realmente trabalhando, de forma adequada, na Grande Obra.

O V.M. Samael antes do desencarne de seu Bodhisatwa restaurou fisicamente a Ordem do Escaravelho Sagrado; esta ordem era destinada a pessoas que tinham desperto sua consciência a nível de recordarem perfeitamente suas existências anteriores.
Claro isto hoje não existe mais, mas dizemos isto para que se compreenda como temos condições de medir o Despertar da Consciência.

Diz o Mestre Samael que quando do final da raça, instantes que certamente nos aproximamos inevitavelmente, somente recordarão destas catástrofes aqueles que estiverem com certa porcentagem de consciência desperta, para os outros serão histórias que não recordarão. Se referindo a estas pessoas que seguirão nascendo e morrendo (fisicamente, reencarnando, retornando), durante o êxodo.


Se uma pessoa está trabalhando e não tem resultados práticos no que é o ENCARNE e a EXPRESSÃO da consciência, o que está fazendo?

Temos que falar em tom severo, porque infelizmente nos acostumamos por estarmos próximos ao ensinamento gnóstico, de permanecermos adormecidos.
Trocamos o sonho do mundo, pelo sonho das belezas que outros viveram.

A Maioria deixou de sonhar com dinheiro e poder social e passou a sonhar com poderes, maestria e poderes institucionais (sistemas religiosos gnósticos).


Não façamos trocas inúteis. Estas mudanças que fazemos, fazemos para promover um Despertar da Consciência e se isto não ocorre é porque não estamos manejando estas práticas adequadamente.
Não nos serve para nada o intelectualismo e acumular teorias, TEORIAS porque se não comprovamos são teorias, digam o que digam, pensem o que pensem, são TEORIAS, palavras e nada mais.

Se não vamos aos feitos, se não lutamos por desmascarar estes traidores do Cristo Íntimo, para que ele triunfe, vamos com ele para a cruz e morremos, para a morte eterna.
Diferente disto, se lutamos por esquadrinhar a nosso país psicológico, em busca destes adversários de nosso Deus Interior, não nos faltarão ferramentas e condições de realizar este trabalho; não apenas para nós, mas para compartilharmos isto com os demais.


Do que adianta sabermos de cor simplesmente as histórias daqueles que habitam conscientemente os mundos superiores, se na primeira pergunta fora do que se leu, intelectualmente, ficaremos sem respostas?
Necessitamos tomar o céu por assalto. Precisamos realmente lutar contra o sonho e contra o sono da consciência.
Realmente muito, muito há por fazer para aqueles que se dêem a tarefa desta Despertar.

Somente despertando a consciência teremos condições de seguir caminhando e trabalhando neste caminho. Uma pessoa pode eliminar 10%, 20% de seus defeitos, mas se não encarna estas essências como consciência, se estanca, não avança.


Lhes garanto que antes que estudem toda esta existência, em busca de suas falhas e de seus erros, já terão acesso a recordar de outras épocas e a origem destas falhas que hoje ainda carregamos.

Infelizmente se as pessoas não trabalham, se tomam as palavras dos Mestres e dos Instrutores, como "mais palavras", chega o momento em que a Loja Branca se retira, recua para modificar sua tática de trabalho.
Isto costumam ser épocas negras, realmente tenebrosas no mundo.


Nossa raça, assim como todas as raças, chegará inevitavelmente a um fim. Cada raça dá sete sub raças, e a sétima sub raça, se formou-se na América (do norte primeiramente), aonde se mesclaram todas as outras seis sub-raças;

Isto nos demonstra claramente que já tivemos nossas sete sub raças da atual raça. Toda Raça inicia na Era de Aquário e termina na Era de Aquário, e estamos na Era de Aquário. Então antes que esta Era termine, terminará inevitavelmente a atual raça.


Cada criatura sobre a face da terra, é responsável por transformar energias, sejam provindas do Sol, das galáxias, das plêiades... de acordo com a natureza de cada pessoa, de cada criatura, ela recebe, transforma e deposita na terra estas energias vindas de diferentes regiões do universo.
A Atual raça com toda sua esperteza, criaram enxertos, transgênicos e clonagem, que impossibilitam com que estas criaturas (plantas, animais), sejam capazes de receber e transformar estas energias.

Nossa raça se encontra em um ápice de equívocos e de maldades, as quais inevitavelmente, por si só, mesmo em outros tempos, já causaria o extermínio natural da mesma.
Se o mal como conhecemos continuasse nesta cadência de degeneração e de abominação, não apenas destruiríamos nosso planeta, mas causaríamos danos as demais humanidades vizinhas.


Todos os nossos erros, todos os nossos equívocos, são em razão da falta desta integração e da posse de nossa Consciência, falta desta integração com nosso Ser, com nossa Mônada primordial.
Uma pessoa destas que esteja lutando por seu despertar, mesmo que desencarne, mesmo que não receba imediatamente um novo corpo físico, pode seguir Desperto nestas regiões internas da natureza, e laborando, trabalhando tanto na continuidade de seu Despertar, como na proteção e ajuda a seus irmãos de caminho.


Paz Inverencial!


"Ouvi-me, ilhas, e escutai vós, povos de longe: O SENHOR me chamou desde o ventre, desde as entranhas de minha mãe fez menção do meu nome.
E fez a minha boca como uma espada aguda, com a sombra da sua mão me cobriu; e me pôs como uma flecha limpa, e me escondeu na sua aljava;
E me disse: Tu és meu servo; és Israel, aquele por quem hei de ser glorificado.
Porém eu disse: Debalde tenho trabalhado, inútil e vãmente gastei as minhas forças; todavia o meu direito está perante o SENHOR, e o meu galardão perante o meu Deus.
E agora diz o SENHOR, que me formou desde o ventre para ser seu servo, para que torne a trazer Jacó; porém Israel não se deixará ajuntar; contudo aos olhos do SENHOR serei glorificado, e o meu Deus será a minha força.
Disse mais: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os preservados de Israel; também te dei para luz dos gentios, para seres a minha salvação até à extremidade da terra.
Assim diz o SENHOR, o Redentor de Israel, o seu Santo, à alma desprezada, ao que a nação abomina, ao servo dos que dominam: Os reis o verão, e se levantarão, como também os príncipes, e eles diante de ti se inclinarão, por amor do SENHOR, que é fiel, e do Santo de Israel, que te escolheu.
Assim diz o SENHOR: No tempo aceitável te ouvi e no dia da salvação te ajudei, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, para restaurares a terra, e dar-lhes em herança as herdades assoladas;
Para dizeres aos presos: Saí; e aos que estão em trevas: Aparecei. Eles pastarão nos caminhos, e em todos os lugares altos haverá o seu pasto.
Nunca terão fome, nem sede, nem o calor, nem o sol os afligirá; porque o que se compadece deles os guiará e os levará mansamente aos mananciais das águas.
E farei de todos os meus montes um caminho; e as minhas estradas serão levantadas.
Eis que estes virão de longe, e eis que aqueles do norte, e do ocidente, e aqueles outros da terra de Sinim.
Exultai, ó céus, e alegra-te, ó terra, e vós, montes, estalai com júbilo, porque o SENHOR consolou o seu povo, e dos seus aflitos se compadecerá.
Porém Sião diz: Já me desamparou o SENHOR, e o meu Senhor se esqueceu de mim.
Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti.
Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.
Os teus filhos pressurosamente virão, mas os teus destruidores e os teus assoladores sairão do meio de ti.
Levanta os teus olhos ao redor, e olha; todos estes que se ajuntam vêm a ti; vivo eu, diz o SENHOR, que de todos estes te vestirás, como de um ornamento, e te cingirás deles como noiva.
Porque nos teus desertos, e nos teus lugares solitários, e na tua terra destruída, agora te verás apertada de moradores, e os que te devoravam se afastarão para longe de ti.
E até mesmo os filhos da tua orfandade dirão aos teus ouvidos: Muito estreito é para mim este lugar; aparta-te de mim, para que possa habitar nele.
E dirás no teu coração: Quem me gerou estes? Pois eu estava desfilhada e solitária; entrara em cativeiro, e me retirara; quem, pois, me criou estes? Eis que eu fui deixada sozinha; e estes onde estavam?
Assim diz o Senhor DEUS: Eis que levantarei a minha mão para os gentios, e ante os povos arvorarei a minha bandeira; então trarão os teus filhos nos braços, e as tuas filhas serão levadas sobre os ombros.
E os reis serão os teus aios, e as suas rainhas as tuas amas; diante de ti se inclinarão com o rosto em terra, e lamberão o pó dos teus pés; e saberás que eu sou o SENHOR, que os que confiam em mim não serão confundidos.
Porventura tirar-se-ia a presa ao poderoso, ou escapariam os legalmente presos?
Mas assim diz o SENHOR: Por certo que os presos se tirarão ao poderoso, e a presa do tirano escapará; porque eu contenderei com os que contendem contigo, e os teus filhos eu remirei.
E sustentarei os teus opressores com a sua própria carne, e com o seu próprio sangue se embriagarão, como com mosto; e toda a carne saberá que eu sou o SENHOR, o teu Salvador, e o teu Redentor, o Forte de Jacó.
"
Isaías 49:1-26

20/02/13