CLXV
Textos sobre Metafísica
A Sabedoria da Vida e a Sabedoria da Morte

Vida e Morte sabemos são dois complementos e duas forças inseparáveis, as quais constantemente regem as vidas das pessoas e de todos os seres. Vida e Morte podemos chamar de Evolução e de Involução, pois tudo que está crescendo e se desenvolvendo está sendo Regido pela Vida, e tudo que está se decompondo e diminuindo está sendo Regido pela Morte. A Vida é uma complicação da Energia, e a Morte é uma simplificação da Energia até sua origem.

Nos mundos internos, lá naquelas regiões do Ultra, algumas vezes encontramos Mestres, vestidos de túnicas muitas vezes de cores cujo nosso conceito não é capaz de compreender, vestes que muitas vezes temos por forças da Loja Negra, e não da Loja Branca.

Já vimos no interno Íntimos vestidos de Vestes Negras e Vestes Vermelhas, e isto nos causou grande assombro, e não tínhamos uma explicação ou um entendimento do porque destas vestes e o que significavam.

Algumas noites atrás tivemos a chance de dialogar com um Mestre da Fraternidade Branca nos mundos internos e claro que já levávamos esta pergunta na flor dos lábios e a fizemos.

A Resposta foi simples: Que a Veste Negra simboliza a Sabedoria da Morte e a Veste Vermelha a Sabedoria da Vida.
Claro que isto foi o que nos chegou nesta região, mas percebemos que em regiões ainda mais sensíveis a que estávamos este mesmo Mestre transmitia algo mais, uma compreensão que nos permitia realmente em fatos saber do que se tratava.


Os Magos Negros comumente sabemos utilizam vestes Negras, e esta veste também para eles simboliza uma sabedoria da Morte, já que estes seres estão Despertos, realmente conscientes, despertaram no mal e para o mal, e este despertar exige que tenham passado por um tipo de morte psicológica, ainda que não seja o que nós do caminho da mão direita buscamos.
Para que um Mago Negro atue conscientemente nos mundos internos, ele tem de haver formado um centro de gravidade negro, uma unidade múltipla imperfeita e isto exige com que tenha uma sabedoria muito grande no que diz respeito a privações (das coisas divinas exercidas no mundo). Os Magos Negros além da veste negra, usam um capuz negro, e isto é o que nos mostra a grande diferença, já que isto simboliza a morte do espírito, ou seja, o desligamento da parte humana de sua fração espiritual, indica que fazem: “a sua própria vontade” e não a d´ELE. Representa este capuz negro a vontade humana e que “morreu” para o Ser.

Mas deixemos de lado a Magia Negra e recordemos aos Anjos Funerais, estes sábios agentes da Lei e da Morte, que também vestem-se com túnicas Negras. Onde fica a maldade de suas vestimentas? Estes seres tem uma sabedoria muito grande sobre tudo que englobe a morte e o poder que ela encerra.

Então a Veste Negra simboliza o domínio sobre a morte, a capacidade do sacrifício como morte.

O condutor do discípulo usa túnica e capuz negros, é pois, um autêntico mago negro, porque entre os mestres da Loja Branca, nenhum mestre usa capuz negro. Zanoni veste túnica negra e leva manto de distinção negro porém não capuz negro: o capuz negro somente é dos magos negros”. – A Revolução de Bel, Samael Aun Weor


A Veste Vermelha simboliza a Sabedoria da Vida, o Sacrifício em Vida por nossos semelhantes. Podemos dar a Vida por nossos semelhantes ou podemos usar nossa Morte em favor de nossos semelhantes (Como fez o Mestre Zanoni ao iniciar a Revolução Francesa com seu sacrifício).

Há ações que só podemos fazer utilizando as forças da vida, estando vivos, sacrificando-nos em vida. Há ações que só podemos fazer sacrificando nossa vida, utilizando-se da força da morte, da energia depositada em nosso organismo.
Recordemos ao Cristo que sempre dá a vida e deixa-se matar, pelo bem da humanidade.

A Veste do Sacrifício pela Humanidade é Branca.
Todo aquele que imite aos apóstolos recebe esta vestidura branca do espírito.
No entanto todo aquele que imita ao Cristo há de banhar suas vestes em seu próprio sangue. O Drama do Calvário, drama este que cabe a todo aquele que imite o cristo viver, transforma esta veste branca em veste vermelha, pela dor e pelo sacrifício que há de passar cada um.

Recordemos que o Deus de Marte, é o Avatara de nossa Era, o Cristo VERMELHO da Era de Aquário.

"E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.
E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus.
E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.
" - Apocalipse 19:11-15

"Quem é este, que vem de Edom, de Bozra, com vestes tintas; este que é glorioso em sua vestidura, que marcha com a sua grande força? Eu, que falo em justiça, poderoso para salvar.
Por que está vermelha a tua vestidura, e as tuas roupas como as daquele que pisa no lagar?
Eu sozinho pisei no lagar, e dos povos ninguém houve comigo; e os pisei na minha ira, e os esmaguei no meu furor; e o seu sangue salpicou as minhas vestes, e manchei toda a minha vestidura.
Porque o dia da vingança estava no meu coração; e o ano dos meus remidos é chegado.
E olhei, e não havia quem me ajudasse; e admirei-me de não haver quem me sustivesse, por isso o meu braço me trouxe a salvação, e o meu furor me susteve.
" - Isaías 63:1-5

Recordemos ao Cristo Sol, que instante após instante sustenta os mundos com sua luz, seu calor, seu som, seu magnetismo, e sem esta Divindade Solar, sem este constante sacrifício que este faz em vida, toda a vida pereceria. A Mãe Lua, pobre lua, talvez só compreendida pelos românticos e pelos sonhadores, escura e nua, com sua morte rege e sustenta também a vida dos seres humanos.

O Problema, a maldade não estão nas trevas, mas nas trevas das trevas, na sombra da sombra.
Recordai as palavras de Hermes Trismegistro "O Sol é teu Pai, a Lua tua Mãe". O Problema está na lua negra.

31/12/13