zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
Disturbios Psíquicos

É muito interessante observar as crianças, elas em geral costumam mostrar muito bem a que vieram ao mundo.
As crianças mostram com muito gosto e espontaneidade sua natureza mais íntima e suas aptidões mais profundas, as quais em geral por ser a natureza daquela Alma, produzirão os eventos que se seguirão na vida deste indivíduo.

Para os pais, para os professores, para as pessoas que intimamente anseiam pelo pleno desenvolvimento desta nova criatura, resta o zelo de acompanhar e auxiliar este indivíduo em sua busca mais íntima e respeitar os mais profundos anseios que esta tem, já que do contrário surgiriam diversos tipos de conflitos internos e problemas que impediriam este indivíduo de ter uma plena vivência de seu destino.

Nós todos estamos interligados e não apenas pela vida cotidiana e o que vemos mas também estes laços mais além da matéria, sejam eles energéticos, conscientivos, ou mesmo espirituais. A todo momento todos nós estamos trocando impressões e percepções, as quais inevitavelmente moldam a todos nós como um todo. Há uma certa culpa universal nos erros de qualquer indivíduo, já que todos nós somos parte da vida uns dos outros, assim que o triunfo de um, acaba sendo o triunfo de todos e o fracasso de um certamente torna-se o fracasso de todos.


A Obra Espiritual, o caminho de reintegração com Deus, este processo de encarne da força Cristo e das demais forças primárias da natureza, é algo como bem sabemos muito exigente, e por diversos motivos um indivíduo poderia em uma existência acabar travado, impedido de fazer certos avanços na Obra, em seu sentido mais pleno e profundo.
Claro que a vida é algo muito amplo e a Obra tem muitas facetas as quais uma pessoa que tenha dificuldade em um aspecto, poderia seguir trabalhando em outro. Ainda assim para nós isto não pode servir como desculpa para não trilhar totalmente o caminho, afinal seria o pior dos enganos, um autoengano, se temos a integridade estrutural para realizar a Obra em todos os aspectos que esta é formada.

A Síntese da Grande Obra, bem sabemos são os Três Fatores de Revolução da Consciência, e estes são:
- A Morte Psicológica como eliminação de nossos defeitos;
- O Nascimento Alquímico como transmutação da energia sexual;
- Sacrifício pela Humanidade;

A Morte Psicológica é uma conclusão muito lógica que tem qualquer indivíduo que perceba o mal que leva em seu interior. Afinal ao encontrar em nossa psicologia, e em nossos sentimentos, instintos, e demais centros, uma manifestação contrária a nossa Consciência, é óbvio que temos o profundo impulso de erradicar de nós esta falha inaceitável e contrária a nossa Natureza Superior que estamos buscando nos integrar e encarnar.

O Nascimento Alquímico, é outra questão bastante óbvia já que os corpos que hoje temos é um veículo de transição, mesmo o corpo físico precisa transformar-se em algo novo, afinal como Humano, depende destas transformações para tornar-se Anjo... caminho natural neste regresso ao Pai imanifestado.
Nós não temos apenas este veículo físico, temos um corpo de desejos, uma má mente, uma má vontade, que tem de ser transformadas em um Corpo Astral legítimo, um corpo Mental, e um corpo da Vontade Consciente. Tudo isto depende da mesma matéria que nos deu origem, da matéria sexual, afinal a criação assim como a recriação dependem dos mesmos materiais e dos mesmos trabalhos. Se pelo sexo fomos criados, é pelo mesmo sexo que devemos transcender a natureza humana como conhecemos. Infelizmente para a atual humanidade é algo bastante difícil de se seguir, afinal esta é a porta estreita, já que ainda mais hoje em dia, a fornicação como perda das energias criadoras é algo extremamente divulgado e amplamente aceito por toda a sociedade deste planeta... Ainda assim é o único caminho, e o aspecto sexual é a base, é a pedra fundamental da Obra, já que nela se fundamenta até mesmo a Morte Psicológica e o verdadeiro trabalho de Sacrifício pela Humanidade.

O Sacrifício pela Humanidade é como já dissemos em outras diversas oportunidades, a coroação a culminação do trabalho, pois a Essência ou Consciência que fora liberta pelo trabalho de Morte Psicológica, e que foi dotada do poder do Terceiro Logos por meio das práticas Alquímicas Sexuais, vem a expressar-se exatamente por meio destes sacrifícios conscientes pelo próximo já que reconhece isto que anteriormente falamos... deste todo que somos parte e desta natureza Crísitica que reconhece em seu interior e que sente o profundo impulso de sacrificar-se por tudo e por todos, indiferente do que pensem, do que entendem, ou do que achem, já que o faz por algo interior, não pelas percepções sensoriais que tenha, não é uma resposta automática e sim um impulso interno que lhe guia.


A Questão que temos de entender é que tudo isto como vemos, são coisas muito profundas, e a própria magia, e os poderes, todos estes dons que naturalmente encarnamos no decorrer do caminho, são dádivas que vem com terríveis processos os quais é muito comum alguém perder-se no caminho, seja por um orgulho, uma vaidade, ou mesmo uma incompreensão que se crie devido a falsas percepções geradas por estes elementos inumanos que internamente nos assombram (nosso ego).

Dependemos assim, de antes de mais nada ter uma Psicologia muito Sã para estes trabalhos, e uma naturalidade muito concreta para que possamos realizar em nosso interior estes trabalhos.
Ninguém ousaria construir algo em um local instável, ou em um lugar aonde hajam ruínas, precisamos limpar e preparar o terreno antes de realizar qualquer criação neste lugar.
Assim que muitos de nós hoje não somos um terreno fértil para a realização da Grande Obra, exatamente devido a haverem problemas dos quais podemos citar problemas físicos (doenças ou mesmo deficiências) e algo que afeta praticamente toda a humanidade que são Distúrbios Psíquicos.

Estes Distúrbios Psíquicos que nos referimos são um mal funcionamento do aparato psíquico que em geral é o resultado de abusos, de traumas, doenças mentais, dentre outras questões similares.
Nós para podermos trilhar o caminho, dependemos de resolver totalmente todos estes problemas, e se não é possível, então realizar o que nos é possível, já que a vida não é apenas a existência como o que vemos entre o nascimento e a morte, e sim o resultado de muitos ontens, e de muitos ainda amanhãs...
Apenas no reino humano, temos 108 existências vezes 3.000 voltas na roda do Sansara que são as evoluções e involuções por meio dos demais reinos da natureza.
Isto significa que nos é brindada 324.000 existências no reino humano para que nos autorrealizemos.

É óbvio que isto pode passar muito rápido se não damos a cada existência passos consistentes nesta reintegração com Deus. E por isto dizemos que o mínimo que possamos fazer, que façamos. Sabemos que há muitas pessoas que já abandonaram o caminho, ou que mesmo ficaram travadas e impossibilitadas de trilhar o caminho em algum difícil processo que não foram capazes de transcender... mas o que possamos fazer por nós mesmos, e o que possamos fazer pelos demais na existência, certamente será um caminho fértil para no decorrer de um amanhã vindouro com uma nova forma, possamos seguir estes mesmos parâmetros com realizações cada vez mais elevadas e sinceras.
É certo que nosso conselho a todos, é que não percam um só minuto para fazerem-se mais conscientes e mais integrados com estas forças espirituais que são a própria Divindade manifesta e imanifestada, porque é o único e real motivo que tem a existência.
Isto não quer dizer que não teremos nossos momentos com a família, com amigos, que não teremos nosso trabalho diário ou nosso merecido descanso, senão que a cada um destes momentos, busquemos esgrimir o melhor, pelo bem de todos, já que como já dissemos, o fracasso de um é sempre o fracasso de todos, já que no fim todos estamos interligados por muitos mais laços que podemos ver ou mesmo imaginar.

29/03/16