zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
Manipulação ou Guiatura

As Interações tem um profundo significado na vida de todos nós.
Uma vez que fazemos ou dizemos algo, estamos diretamente alterando os demais por conta destes alimentos que estamos fornecendo e recebendo por meio destas interações. E Claro igualmente somos afetados e nos alimentamos dos demais a cada momento.
Há interações que são benéficas, há interações que são maléficas e com isto muitos contatos apesar de necessários são dispensáveis. Igualmente temos de afirmar que há contatos que são absolutamente indispensáveis para nosso progresso tanto físico como espiritual.

Existem interações que ocorrem de maneira voluntária e involuntária. Ou seja, interações que tem resultados propositais e outros não-intencionais. As Ações não-intencionais constantemente ocorrem e são o resultado das convivências cotidianas que todos temos a cada instante da vida.

No sentido das interações intencionais, ou seja, impressões e sinais que gravamos no coração, na mente e na consciência dos demais, encontramos duas possibilidades, a Manipulação e a Guiatura.

A Manipulação é o resultado de uma imposição intencional de impressões que causam modificações em terceiros que são de interesse próprio do Manipulador. A Guiatura é a ocorrência de um auxílio de uma pessoa alheia ao indivíduo o qual faz uma conexão entre o Humano e o Divino e conduz esta Alma em direção de seu Destino, em direção do que seja sua natureza Espiritual.

É Claro que tanto a Manipulação como a Guiatura são o resultado de um trabalho Consciente, Voluntário, um conduzido pela Luz, e outro conduzido pelas Trevas.

O Altruísmo permite com que exista Guiatura, e o Egoísmo gera sempre a manipulação.
A Guiatura é sempre o esforço de elevar e libertar o indivíduo, ainda que por vezes possa não parecer isto, já que os métodos muitas vezes não são vistos desta maneira nem compreendidos assim.
A Manipulação, por outro lado, é o resultado de uma tentativa de modificar o próximo de acordo com interesses pessoais, um tipo de escravidão psicológica, gerada por estímulos que no outro causam mudanças que são do interesse deste primeiro.

Mesmo nas coisas cotidianas, tanto a Guiatura como a Manipulação soam muito parecidas pois buscam causar uma mudança no indivíduo e é gerada por forças alheias ao mesmo.
Ainda assim, uma é a manifestação do Divino, e a outra é a manifestação do que é Diabólico, Maquiavélico.


Devemos compreender muito bem o que seja a Guiatura e o que seja a Manipulação, para que saibamos aproveitar o que nos é útil e necessário e saber tornar-nos imunes àquilo que somente nos causaria dano e um profundo prejuízo físico, psicológico, espiritual.
Sempre existirá manifestações de Guiatura, ainda que esporádicas, e sempre ocorrerá manifestações de Manipulação, o que geralmente é bem mais comum e constante em nossas vidas.

Todas as pessoas tem um conceito do que seja a vida, de como tem de ser vivida. O Próprio sistema comum nos diz como devemos nos portar, o que devemos fazer, e no fundo isto por si só já é uma manipulação, não uma guiatura, pois não atende aos interesses do Espírito.

A Guiatura sempre se baseia em uma indicação para que o indivíduo busque antes de mais nada em si mesmo uma resposta, enquanto a Manipulação é a indicação para que o indivíduo obedeça o que está sendo dito, irrestritamente.

A Guiatura é sempre algo que percebemos dentro e que fora temos um indicativo de caminho e por isto seguimos, porque nos é natural e nos é afim, nunca há pressão, nunca há prejuízos na guiatura, porque dá liberdade, liberdade mesmo de não ser seguida, liberdade quando é seguida...

A Manipulação por muitas vezes é oculta e parece algo altruísta que no final é o resultado de um interesse pessoal do manipulador, e faz parecer como algo altruísta, como algo benéfico e que no fundo somente traz prejuízo e se traz algum benefício para o mesmo, certamente é ainda mais benéfico para o Manipulador.

Muitos grupos se formam por conta de uma tentativa de Guiatura e acabam tornando-se uma ferramenta de Manipulação. Também muitas instituições surgem de um impulso de manipulação e acabam tornando-se por vezes, ainda que raramente, instrumentos de Guiatura.

As coisas não são indefinidamente o que são, elas mudam, transformam-se constantemente. O Bom vira Mau, e o Mau vira Bom, e por este motivo temos de aprender a observar de momento a momento a natureza das coisas, como se elevam ao Espírito e como se fundem com o Abismo.
Dizemos isto porque o que em um momento é bom, em outro é mau, o que em certo momento se expressa como bem, em outro se expressa como mal, e o que dá em um momento uma Guiatura, em outro pode Manipular, e mesmo o que manipula em certo momento de exaltação espiritual pode Guiar.
Assim que nada é definitivo, nada é realmente determinante senão que mutável e permanentemente intercambiável por algo novo.

Por isto que se diz que todos podem ensinar, e todos podem aprender, o ensinamento de certa maneira pode ser uma ferramenta de Guiatura, de libertação, ou uma ferramenta de Manipulação e de encarceramento psicológico.

03/05/2018