zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
O Bálsamo da Dor

Hoje estamos aqui dispostos a falar acerca da Dor, também sobre aquilo que vem juntamente com ela, para que consiga o sofredor suportar e superar tal difícil processo.

Existem muitas dores, algumas são físicas, algumas são morais, mas seja falando de Dores Emocionais, Psicológicas, há dor de diversos tipos, emanadas de diversas regiões.
A Dor é uma resposta natural de todo organismo que indica que algo está errado, que existe algum problema.
A Dor em geral é um limitador, é um indicador de falta de algo, de excesso de algo, em fim, de desequilíbrio.

Há dores que são naturais a vida, há dores que são naturais quando transcendemos a vida, porque assim como há dor no que é ruim, há dor no que é bom. A Dor por vezes é um sinal que uma barreira está se rompendo e algo novo está se processando.
O Próprio nascimento é doloroso, a morte igualmente também tem sua dor...

Em fim, esta noite nos mundos internos observávamos a vida de alguns indivíduos e suas dores, também como o universo conspirava para aliviar suas dores, dando a eles um bálsamo de esperança, um oportuno auxílio para seus problemas.
Claro que as dores não são exclusividades do que seja uma Pessoa, toda unidade tem dores, o Planeta tem suas dores, o Universo tem suas dores, a Humanidade como um todo tem suas dores, cada raça passa por suas dores específicas como bem documenta a história desta civilização em que hoje vivemos.

Um dos casos que observava era de um indivíduo que tinha dores morais, dores devido a sua profissão, e a forma como era tratado por todas as pessoas com quem tinha contato. Neste caso sua dor comoveu uma empática alma que acabou enamorando-se por este indivíduo e o ajudando com suas dores, seus problemas.
O Segundo caso era um misto de dores físicas e morais sofridas por uma pessoa, algo causado por circunstâncias as quais um indivíduo passava em seu organismo físico e dificuldades de lidar com o meio em que vivia. Neste caso, uma Alma Empática aproximou-se deste indivíduo e formaram uma amizade a qual vinha exatamente como um bálsamo para os problemas que tinha.


O Que aqui exemplificamos é algo bastante singelo, dada a profundidade destes dois casos e de outros casos que poderíamos contar. Mas vemos que é exatamente em meio a estas dificuldades e estes problemas que acabam surgindo as mais brilhantes soluções e os melhores resultados que poderia alguém esperar.

Afinal se foi a dor a mãe de um grande amor, ou de uma grande amizade, como poderíamos maldizer tal dor?
Claro que em geral as pessoas lidam mal com a dor, a prova disto é como já falamos tantas vezes a atual forma como lida a medicina com os problemas humanos.
Mascarar a dor, ignorar a dor, é em geral evitar os bálsamos naturais que a vida nos traz.
Não estamos dizendo que um indivíduo não pudesse fazer uso de certas medicinas em momentos específicos sob circunstâncias e intensidades específicas de dor. O Problema é que as pessoas, sejam elas pacientes ou médicos perderam completamente a noção da realidade e fazem mal uso constante destes químicos.

Toda ação tem naturalmente uma reação, e ao sentirmos a dor, nós aprendemos as limitações de nosso organismo, aprendemos, se assim estamos dispostos que algo fizemos que gerou este problema. Se mascaramos a dor, o que aprendemos? Simplesmente criamos um problema ainda maior, por ignorar tal problema.

Hoje em dia as pessoas não se preocupam mais se um alimento lhe faz mal, não tem mais a percepção que se alguma atitude que tenham lhes prejudica, que necessitam mudar... Apenas fazem até não poder mais então se operam, então se entopem de medicamentos que lhes mascara uma situação prejudicando em outro canto ainda mais o organismo.

Falávamos em outra oportunidade de extremos, e isto é outra coisa que vive um extremo, tanto esta situação de como as pessoas lidam com a medicina, seja o excesso de imersão tecnológica, e tantas outras coisas a quais quem me escuta nestes momentos pode claramente concluir com suas observações da vida.

A Dor é um Mestre o qual muito nos ensina, quando aprendemos suas lições, toda dor cessa, pois estamos em Harmonia. Aprendamos a receber o Bálsamo da Dor.

27/07/2018