zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
A Renúncia e a Virtude

Como muitos já sabem, o Ser deste que aqui escreve em certa época de aflição e de suprema decisão em relação a aspectos da Obra, nos entregou, nos permitiu ver com seus olhos certa região dos mundos internos, aonde se encontrava o Símbolo CLXV, que aqui tanto descrevemos e escrevemos a respeito.

Para nós este símbolo foi um Koan de imensa ajuda em nosso Despertar e exercício desta consciência resultante desta processo transformativo da Morte Psicológica.


Sabemos que muitas pessoas lamentam não terem vivências internas, não terem dons espirituais, mas a vida de cada pessoa progride de acordo com a Missão que vá desempenhar na Terra, de acordo com esta Missão que tem o Ser e por consequência se realiza por meio de sua Alma Humana, quando devidamente preparada.

Dependendo da missão, surgem e se abrem diferentes portas e caminhos.

Uns realmente recordam suas provações e as iniciações que recebeu seu Ser por ter sido capaz de guiar esta Alma Humana na terra, tem desde o início em sua memória física o resultado dos eventos internos, por uma necessidade da Missão que vem desempenhar.

Esta recordação ocorre, um dos motivos, para que possa ensinar e a guiar os outros neste caminho, nesta jornada de auto-descoberta e de auto-revelação, nada mais que isto.
Isto não indica que quem tenha esta capacidade é mais que outro ou que esteja melhor no caminho, pois dependendo da Missão de cada um, isto se desenvolve de outra forma, com outros propósitos.

Há pessoas que desenvolvem esta memória consciente das vivências internas, e cumprem realmente missões distintas, mas o tem porque são capazes de se calar e de seguir ao Destino que o Ser lhe impõe.
Talvez este seja um bom ensinamento para aqueles que tanto praticam e não tem resultados, saber calar frente a estas vivências, para não tomar o foco daqueles que cumprem estas missões.

Vejam que não é porque alguém fala disto publicamente que é maior, senão que apenas é quem tem que cumprir com isto. Haviam na época que se revelou o Avatara de Aquário, muitos irmãos em iniciações muito, muito mais avançadas, e mesmo assim coube a ele esta missão.

A Virtude que conseguimos desenvolver em nós, é a porta que temos de contato com nosso Ser e a possibilidade que temos de cumprir missões designadas pela Loja Branca.

Não é incomum conhecer pessoas que cumprem missões para ambas as Lojas, dando um passo para a Luz e outro para as Trevas. Pois carregam em si virtudes mas ainda tem defeitos que lhe impulsionam a ações negativas na vida.


Em certo processo iniciático nos mundos internos, nos vimos frente a uma pedra, em uma parte dela havia uma parte plana, um pouco encravada na pedra aonde se apresentava o Símbolo CLXV (16890), neste dia colocamos nossa destra sobre o símbolo e o giramos 90 graus no sentido horário, era a solução deste enigma proposto.

Nas Iniciações Menores nós somos provados em nossa decisão frente a Obra, mas nas Iniciações Maiores é verificado o equilíbrio e a capacidade de encarnar certas virtudes referentes a cada vértebra, cada câmara santa de nossa coluna.

Ao deitar o Símbolo CLXV, temos exatamente isto, o Santo Oito representando cada vértebra santa, e o 1 e o 0 como uma escadaria que nos possibilita ir a próxima câmara ou retornar a anterior (por meio do 6 e do 9), tal como se dá o processo nos mundos internos.

Meditando posteriormente observamos que nas damas o simbolismo é inverso e o símbolo gira 90º no sentido anti-horário.

O 6 e o 9 formam o elo (um novo 8) entre as câmaras.

Somos medidos em nossa coluna por nosso (do Ser) nível iniciático. Em base a Seis e Noves, em outras palavras no Amor e no Sexo, na Vocação como exercício de Sacrifício pela Humanidade e no Matrimônio como Sacrifício de nossas Paixões.

Há algo que todos devem saber estudar e buscar se realmente anelam a sabedoria para não cair jamais novamente no erro.
É a renúncia as coisas exteriores do mundo. Quando uma Alma, uma Pessoa, compreende realmente que não necessita de nada externo para sua felicidade, ela encarna uma força muito especial, advém um tipo de conhecimento totalmente novo, é uma virtude muito importante para nosso trabalho.

É como verdadeiramente surge a Paz e o Amor dentro de uma pessoa.

Pois nada que lhe aconteça, nenhuma tragédia ou alegria, prazer ou dor, pode lhe tirar o estado de consciência em que se encontra, de compreensão, de amor, de paz, de felicidade. Isto é essencial para não se deixar jamais enganar ou se extraviar no caminho interno.


"Resulta impossível entrar na senda celestial sem uma prévia preparação nos terrenos da região do purgatório. Aquele que entra no purgatório interior é marcado com a letra P na testa. O anjo guardião do purgatório escreve sete vezes a letra P na testa sideral do Duas-Vezes-Nascido com a aguda ponta de sua espada flamígera. 'Procurai lavar estas manchas quando estejais dentro', diz o anjo guardião." - A Noite dos Séculos, Samael Aun Weor

Há muitas Almas no mundo que não conhecem estes ensinamentos ou esta didática de trabalho, ainda assim são Iniciados e cumprem distintas funções para com a Humanidade e os demais Iniciados.

Aonde haja virtude há homens que encontraram o caminho, ainda que sem um credo estabelecido ou conhecimentos intelectuais de como realizar tais feitos; recordemos que a melhor religião acessível é o Amor.

O Amor para com a Humanidade e o Amor entre Homem e Mulher, são a dualidade de nossa Obra aonde surge o Terceiro, que é a presença do Espírito dentro da matéria, para que se faça possível o que ao homem é impossível.


Conhecemos casos, de Pessoas, de Almas, de Iniciados, que vivem normalmente pelas ruas, talvez nem conheçam o termo Iniciado, ou Morte do Ego, Sacrifício, Alquimia... mas que cumprem com todos estes preceitos do Despertar da Consciência ou pelo menos fração disto, o que naturalmente vai os guiando para realizarem a Obra.

São pessoas que cumprem diversas missões para a Loja Branca, seja no campo social, político, científico, artístico, filosófico, religioso... etc...

Muitas das belezas que tem o mundo, muitas das descobertas que foram feitas, foram missões internas dadas a estes iniciados (algumas vezes iniciados negros, quando de destruição e prejuízo) para que pudessem cumprir com certo sacrifício por meio de suas vocações, para com a humanidade.


Dizemos isto para que compreendam o motivo de que não paramos de divulgar estes ensinamentos mesmo quando a própria humanidade e até mesmo o Povo de Deus já ter sido julgado.

Porque há muitas pessoas, que cumpriram e cumprem com estas exigências mas não tem toda a informação que necessitam para se desenvolverem plenamente no trabalho e nisto sempre haverão esforços de auxílio e guiatura por parte dos Mestres e da Loja Branca como um todo.


Há ainda uma segunda questão, a dos Bodhisatwas.
Por mais que a Alma Humana de um Mestre caia na degeneração e torne-se um Demônio verdadeiramente, um Mago Negro, ele arrependido pode resgatar este elo com seu íntimo e se propor a cumprir com a Obra e os desígnios do Ser.

Então mesmo julgados, mesmo condenados, ainda que já involuindo no Abismo, há casos que podem ser revertidos.


A Nós hoje cabe uma conquista. A Percepção de uma pedra é inferior a de um Vegetal que é inferior a do Animal e que continua sendo inferior do "Homem".
Isto tem relação com dimensões, relação com percepções e sentidos.

Vivemos em uma Terceira Dimensão que é a dualidade de três princípios: Altura, Largura e Profundidade.
Além do pleno domínio de nossos sentidos físicos, nos cabe um domínio da percepção temporal e além disto do que está mais além do tempo.

Quando um Iniciado compreende que suas ações em determinado momento podem ser influenciadas por ações de outros e que igualmente seus atos se projetam no espaço-tempo influenciando igualmente a outras pessoas, ele passa a poder medir o resultado de suas ações, conscientemente.

Por isto que quando lemos o escrito de um Mestre, ele realmente parece escrito para aquele leitor, porque realmente ele se projeta no futuro e está ali presente para atender aquela busca, realmente como um diálogo, não como um monólogo, porque ele realmente está presente e sabe o resultado daquelas palavras e das angústias e sofrimentos que tem cada pessoa.

O Homem que planta uma semente, muitas vezes tem este mesmo sentido de espaço-tempo que este outro que escreve, porque ao plantar uma semente, ele observa o passado daquela terra e prevê o futuro, assim como todas as dificuldades que certamente encontrará aquela semente até dar seus frutos. Uma semente plantada com o adubo certo, em uma época certa, em um lugar adequado, poderia sobreviver sem qualquer intervenção deste que o semeou, isto é o mesmo. É Um iniciado seguindo sua vocação e fazendo uso de seus dons emanados de seu Ser para um propósito.


Sabemos que nem todos sentirão o peso deste dia, ou que poderão conscientemente recordar de tais eventos internos, pois depende da missão, do estado e do nível de consciência, assim como o processo iniciático de cada um, mas lhe garantimos que já recebemos um veredicto e que muitos iniciados, diante de tal veredicto, solenemente reafirmaram seus juramentos, e verdadeiramente, já estão mais uma vez guiados a um propósito e uma realização integrados com a vontade do Ser e por consequência da Loja Branca e do Cristo, o Logos Solar.

Sobre as ordens do Logos, e da execução de tais ordens, creio que somente veremos os fatos. Já que palavras neste sentido não ajudariam em tais cristalizações, neste momento.

Hoje algo morreu, hoje algo nasceu e em breve algo ainda maior, nascerá.

21/12/12