zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
Razão ou Emoção?

Todas as pessoas tem problemas. A Verdade é que estes problemas não existem em realidade. Todo problema se origina de uma má relação da pessoa para consigo mesma.

A Prova de que um problema não existe, é que pelo simples fato de não pensarmos nele, de deixarmos de sentir ele, ele deixa de ser um peso para esta pessoa.

Uma pessoa mesmo faminta, enferma, prestes a ser despejada de seu lar, pelo simples fato de não emitir pensamentos e sentimentos sobre a sua situação, acaba que o problema já não gera seus efeitos sobre a pessoa.


Muitas pessoas não sabem usar a Razão e a Emoção. Algumas pessoas metem a razão a um extremo aonde faria necessária a presença da Emoção. Também outras pessoas agem Emotivamente a um extremo que carece de Razão.

Emoção e Razão nos recordam muito aquelas duas colunas do Templo que condizem com Misericórdia e Justiça

Claro que o homem atual não é verdadeiramente homem, ele não tem Alma encarnada, tem apenas um embrião de alma, exatamente porque sua Mente, berço da razão não é realmente uma Mente, mas uma semente, um embrião de Mente.
Sua emoção da mesma forma é emanada de um protótipo de Corpo Astral.

Dadas estas circunstâncias, concluímos que é muito difícil para toda a humanidade, utilizar plenamente e adequadamente a Razão e a Emoção, já que a Mente e o Astral carecem de desenvolvimento antes de existir estes centros de tipo superior.


As pessoas emotivas tendem a sentir-se ofendidas com muitas coisas que não foram ditas para ofender.
As pessoas intelectuais tendem a levar ao literal e matematicamente, o que mereceria uma análise emocional e uma pitada de emoção.

A Razão tende a ser justa, enquanto a Emoção tende a ser misericordiosa. Quando nenhum defeito atua nestes centros (Intelectual e Emocional).

Há momentos em que a Razão deve prevalecer para o bom andamento de algo, mas em outros se a Emoção não dá seu veredito, pode se por tudo a perder.


Não podemos utilizar nenhum destes centros até sua exaustão, porque desta exaustão, desta super-excitação nervosa, causamos um verdadeiro curto-circuito que nos impede de ver a situação claramente. Quando da exaustão da energia do centro, este passa a roubar a energia de tipo sexual e isto perverte, corrompe, danifica os canais que deveriam correr apenas forças Mentais e Emocionais.


Uma emoção sem razão, é um sonho, uma loucura. Uma razão sem emoção, é puro materialismo, cinismo.
O Resultado mágico, o poder da oração, é um resultado da razão coordenada e guiada pela emoção.
Imaginem uma oração feita apenas com palavras, sem qualquer integração da pessoa com aquilo que está sendo dito. Pois são palavras vazias.

Agora imaginemos palavras ditas com emoção mas sem a supervisão da razão por coordená-las e guiá-las.... a mais pura loucura.


Quando houver excesso de razão, experimentemos sentir, levar toda esta questão para uma avaliação emocional, de tipo superior claro. Também quando houver excesso de emoção, submeter estas questões a uma análise de tipo racional.

Vamos perceber que o que parecia impossível é de simples solução, porque escapamos do problema.

Quando algo parece impossível à razão, a emoção vem com uma solução quase sempre surpreendente.
Quando a emoção se vê perdida, a razão dita uma lógica infalível de ação.

Afinal, o que não tenha solução, por si só, já está solucionado... e seguimos adiante.

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei."
Mateus 11:28

06/10/13