zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
Geração, Regeneração e Degeneração

Já há muito tempo disse o Mestre Jesus a Nicodemos, que "Aquele que nasce da carne, carne é, aquele que nasce do espírito, espírito é. Não te maravilhes com o que te digo, te é necessário nascer novamente".

Em realidade a semente humana, o principio humano, assim mesmo como a Alma, está fundamentada em três processos:
- Geração e Degeneração;
- Regeneração.

Gerar é criar, degenerar é destruir a criação.
Regenerar, significa gerar novamente, assim como disse Jesus a Nicodemos.

Quando falamos de gerar, não nos referimos apenas a criação da vida biológica, mas da própria evolução humana através dos reinos, das eras.
Quando falamos degenerar, também não nos referimos apenas aos eventos biológicos da velhice e da morte biológica, também da perda dos valores morais, anímicos.

Todos nós passamos por processos de Geração e de Degeneração. Assim como há milhões de homens e mulheres sobre a terra, dentro de nós há esta mesma quantidade de partículas de essência que passam por estes mesmos processos de Geração e de Degeneração.

Tudo aquilo que é gerado, que evolui, chega a um ápice aonde encontra-se com esta força contrária que denominamos degeneração, ou involução.

Isto é a mecânica natural, são forças que levam e trazem, que elevam e que baixam que separam e que mesclam forças, que dissolvem e coagulam.


Existe uma terceira força, um terceiro principio possível, muito além da mecânica natural da vida. Certamente nos referimos a Regeneração.
Regeneração não é restabelecer velhos padrões, é tornar a gerar, é fazer uma nova criação sobre a existente.

Imaginemos uma planta, ela passa por processos de geração e de degeneração biológicas, isto é, ela brota, cresce e posteriormente decresce e morre. Mas esta planta em seu momento oportuno pode ser colhida e passar por um trabalho distinto, consciente aonde um bom Médico a usa com fins terapêuticos.
Claro que estamos falando de maneira simbólica, uma analogia. Mas vemos que de certa maneira este vegetal saiu de sua cadeia mecânica de simplesmente nascimento e morte, tornou-se uma força ativa e benéfica a outro organismo.

O Homem não é homem ainda. Nós muito comumente chamamos a Humanidade de Homens e Mulheres, mas é um conceito equivocado. Somos todos animais intelectuais. Continuamos de certa maneira ainda no reino animal pois não temos internamente esta regeneração, esta segunda criação que é o que torna alguém "Homem" realmente.
Toda criação tem sempre por base a energia sexual, afinal nascemos do sexo, toda geração se dá pelo sexo, pois regenerar-se, criar uma segunda vez, é algo que depende diretamente do sábio manejo e do sábio emprego da matéria sexual que nos gerou.

Assim como a força sexual cria o organismo, a força sexual molda o organismo (e até mesmo destrói no caso da degeneração, que também tem por base o sexo). É como o fogo físico que derrete o metal e permite com que possamos moldar da melhor maneira possível o metal. A força sexual é o fogo interno.

Todas as criações tem por base este fogo primordial da vida, ainda que possamos não compreender como isto ocorra.


A vida é feita de muitos recomeços... é muito comum que mesmo dentro deste esforço de regeneração humana, se perca esta pessoa e mais uma vez reingresse nos círculos involutivos esta Alma.

O Cristo Jesus dizia: "De mil que me buscam, um me encontra; de mil que me encontram, um me segue; de mil que me seguem, um é meu."
Então vemos que é uma matemática terrível, porque é um trabalho que poucos serão capazes de realizar.

Dizem os Mestres que a natureza para qualquer criação sempre disponibiliza uma grande quantidade de energia, ainda assim apenas uma pequeníssima parte é usada na criação.


As leis de evolução, estas leis de geração não dotam o homem, por exemplo, de uma estrutura de tipo Solar. Porque para a criação do organismo humano se impregnou apenas um espermatozoide e um óvulo, ainda que disto tenha se gerado uma pessoa, esta pessoa foi apenas gerada com uma estrutura básica e necessita de que em conúbio com sua Consciência, em concordância e esforço com seu Ser, seu Deus Íntimo, regenere-se, torne a criar.

Esta regeneração, esta nova criação, estamos falando dos Corpos Solares, também dos Corpos de Ouro Puro, como dizemos esotéricamente.
Nascemos com um espectro de corpo físico, também com um corpo protótipo de Corpo Vital, um Corpo de Desejos, um corpo que denominamos Má-Mente, também a Má-Vontade, além disso, inacessívelmente temos uma Consciência e um Íntimo.

Para que possamos expressar e nos integrar-nos com esta Consciência, com este Íntimo, necessitamos passar por estes processos de Regeneração tanto física como interna, tanto psíquica como anímica.
Com a chave do trabalho Sexual, a conexão do Phalo-Kteis (Falo-Útero), sem o derramamento seminal, e o aproveitamento desta energia não somente para a criação destes veículos internos autênticos (Físico Solar, Vital Solar, Astral, Mental, Causal, Conscientivo, Íntimo) mas para a desintegração de nossos defeitos de tipo psicológico, tornamo-nos homens autênticos e estamos no caminho de tornar-nos Super-homens.

Além desta escala humana, há uma outra escada, um novo processo de regeneração, que correspondem aos processos que formam os Anjos, os Arcanjos, e ainda além disto as Potestades, os Serafins...

Tudo isto exige que esta energia crie, recrie e torne novamente a criar de uma forma cada vez mais pura, mas sublime, mais divina.
Isto é o contrário das forças gerativas e degenerativas, isto é Regeneração. Isto é Perfeccionar além da Perfeição.

O Homem é tão somente uma ponte para o Super-Homem e o Animal Intelectual é a matéria bruta que usamos para formar-nos como Homens e Mulheres autênticos.


Como já dissemos e temos de repetir, o caminho é feito de muitos recomeços. Por muitas vezes uma pessoa perde-se em meio a estes trabalhos de Regeneração. Cai vez ou outra em forças mais uma vez gerativas ou degenerativas, em outras palavras, evolutivas ou involutivas.
Isto porque dentro de nós há essências, tal qual homens no mundo, evoluindo e involuindo e muitas vezes um destes personagens toma conta da Máquina Humana e desvia a pessoa deste caminho divino.

Tudo aquilo que para, que não dá sequência, tende a retornar a seu principio. Quando travamos em algum processo por um tempo superior ao devido, o que acontece é que esta energia que estava revolucionando como não pode ficar estancada, se não vai para um lado, vai para o outro e esta pessoa tende a degenerar-se.


A Humanidade vive um ponto extremo de degeneração, aonde vemos que a semente humana já não quer mais dar frutos divinos. Já não encontramos candidatos sérios a esta Regeneração, simplesmente porque a semente destas pessoas já foi tomada pelo rumo involutivo e abismal.
Claro que vez ou outra surgem alguns campeões que lançam-se não contra o mundo, não contra outras pessoas, mas contra si mesmos, contra suas debilidades, contra seus delitos e estes ascendem rumo a estes processos de regeneração.

A Regeneração é a própria Iniciação, é a vida quando sabiamente vivida, quando guiada e governada pelos impulsos da Consciência e do Deus Íntimo que leva uma pessoa dentro de si.

19/05/14