zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Psicologia
A Manifestação do Mal

Existem diversos tipos de maldade que em nosso interior habitam e se expressam, mas há certos tipos de maldade que estão mais além de qualquer mal.

Como bem sabemos e é explicado pelos sábios Mestres, o mal, é aquilo que está fora de lugar, que é negativo. Inevitavelmente em nossa vida, há muitas coisas que consideramos boas e são más, há muitas coisas más e no fundo são profundamente boas...
Assim que é delicado dependendo do estado de consciência que nos encontramos e da etapa que vivemos no caminho, argumentar acerca da percepção do mal, dentro da consciência que tem cada um.

O V.M. Samael cita o exemplo do fogo, que em seu lugar, aquecendo nossos lares, cozinhando nosso alimento, é bom. Também exemplifica que o fogo queimando nossa casa, é mau. No entanto o elemento em si, é isento de culpa e por si só está mais além do bem e do mal, ainda que em sua manifestação possamos assegurar que é positiva ou negativa, e até mesmo neutra, seja para nós, seja para a natureza, ou mesmo seja para a parte espiritual.

Dentre os delitos cometidos, e por consequência, manifestações do mal em nosso interior, há alguns tipos de manifestações nefastas que ultrapassam qualquer manifestação de consciência, que está mais além de qualquer percepção de moral e de empatia para com nossos semelhantes e para com a natureza.
Isto que nos referimos chama-se Crueldade.
A Crueldade é o extremo da manifestação do mal, sem qualquer expressão de consciência em suas ações.

Muitas ações são difíceis de julgar a simples vista, porque em geral não vemos, não percebemos as forças que impulsionam estas ações ou o resultado almejado, ainda assim há ações que ultrapassam qualquer julgamento moral em negatividade e estas claramente mostram-se como esta crueldade que nos referimos.

A Crueldade é sempre um mal desproporcional e cego. Em outras palavras, é algo que não corresponde sequer ao "olho por olho e dente por dente" que a humanidade está tão acostumada. É ainda mais além disto, visto que é uma ação exageradamente negativa.
Infelizmente a crueldade se manifesta em todas as esferas do mundo, seja na Família, aonde os pais gritam e espancam suas proles por questões que estes sequer são ainda capazes de entender e os traumatizam desnecessariamente causando danos muito difíceis de serem resolvidos.
Também há crueldade na família quando um membro da família gasta seus recursos de maneira pessoal e egoísta enquanto os demais sofrem com a falta dos bens mais básicos. Isto entra os cruéis viciados seja no álcool, seja nos jogos de azar, e tantas coisas similares.

Temos de entender que muitas das maldades que em nós se manifestam, tem no fundo, se observamos, uma pequena luz de consciência que é o impulso a ação, a qual um equívoco psicológico transforma em um delito. Mas na manifestação da Crueldade, só há o crime, o profundo delito egoísta sem qualquer chispa de consciência.


Como já dissemos, em todas as esferas, seja social, política, religiosa, artística, há crueldade. Temos de entender que muitos homens e mulheres, não se ergueram aos cumes da integração espiritual necessariamente pela Religião como conhecemos, algumas o fizeram por meio da própria Política, ou mesmo da Arte, da Filosofia, dentre tantas possibilidades que sabemos existem.
Mas infelizmente vemos que muitos personagens fizeram do Altar um Cadafalso.
Também houveram personagens que desafortunadamente com grande impunidade e ignorando todas as consequências para um povo, usaram de seu status social para roubar o que é de todos para si mesmos, causando danos irreparáveis em todas as esferas sociais e em todos os serviços que estão atrelados a arrecadação e uso destes recursos. Uma terrível crueldade, visto que não afeta apenas um ou um pequeno grupo de indivíduos mas povos inteiros, sendo que em geral são roubos impulsionados por uma plena crueldade, já que arrastam um povo a ignorância, a doença e a pobreza, a falta de segurança, simplesmente porque uns querem ter aviões, ou querem tomar seu caro uísque importado. Ou mesmo querem influência social, poder, e isto sem pouco se importar com o resultado destes danos que estão causando profundamente na sociedade e no povo como um todo.

E infelizmente sempre aqueles que estão a frente de algo, são um reflexo daqueles que estão abaixo. E nós, como tantas vezes já dissemos, precisamos transformar o indivíduo, a nós mesmos, e desta forma operar esta mesma mudança sobre as massas, não por uma imposição, mas por um exemplo, por uma demonstração concreta de que é possível e mais que isto, que é necessário e urgente.

04/03/16