zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Religião
Desatualização Doutrinal

Se observamos a Vida, nos damos conta plenamente de que Vida é movimento. Não é de se estranhar que se diga que o Cristo é movimento, que o Cristo é vida. Certamente é a força do Espírito Santo a que impulsiona o movimento.

Isto é algo que claro devemos aprender da vida, de nada adianta estas informações se realmente não somos capazes de observar isto, de presenciar e compreender plenamente isto em fatos.

Observando isto do movimento, vemos que mesmo os átomos do corpo humano estão em constante movimento, nossas moléculas, nossas células, tudo se renova, tudo constantemente se move. Nosso corpo, é constantemente reconstruído, partes morrem, partes nascem, e no fundo é isto que sustenta a vida em nosso organismo. Se nossos átomos parassem, se as moléculas retesem-se em seu movimento, se esta constante manutenção do organismo cessasse, nosso corpo naturalmente morreria. É o movimento que permite estarmos vivos, e o cristo é este próprio movimento.
Muitas pessoas pensam no Cristo como uma criatura, como uma pessoa. No fundo isto é um conceito muito equivocado. As Doutrinas sempre se adaptam ao momento que vive a humanidade, a cultura, e por isto que é impossível entregar a verdade pura, a realidade crua. A Ultima verdade, por assim dizer, sempre seria impossível de ser assimilada, de ser compreendida, por alguém que não a tenha encarnado.
Então que as Santas Doutrinas são apenas um caminho, uma fórmula para uma época que entrega o Cristo para que se inicie uma jornada, mas no fundo sequer é o caminho em si, é apenas uma porta que conduz a este que é o próprio Cristo, que é por si mesmo o caminho.

A Verdade é algo no fundo indescritível, intransmissível, assim como o Cristo. O Cristo é uma força e como qualquer força, dentro de certas circunstâncias se faz manifesta, se faz visível, se faz operante sobre certos organismos, por um certo período de tempo.
O Cristo é ao mesmo tempo uma região, um estado de consciência e uma força universal de vida.
Todos aqueles que se Cristificaram, no fundo alcançaram esta região Crística, passaram a operar neste estado de consciência, encarnaram dentro de si mesmos esta força.

O Cristo é algo que não pode ser aprisionado em conceitos, é algo que no fundo pode penetrar em todos os lugares e ainda assim, em realidade, não estar em nenhum...

Há ensinamentos que realmente transpassam o tempo, há palavras, há símbolos que são eternos.
No entanto, como já dissemos, a vida está sempre em constante movimento e há situações extremamente distintas de tempos em tempos. A Própria linguagem se modifica com o tempo, o sentido que damos as coisas se altera profundamente. A Cultura que hoje predomina logo é substituída por algo completamente distinto e isto tudo vemos em nossos dias atuais.

Isto significa que há muito que vivemos e não temos uma orientação precisa, exata, e por vezes não nos damos conta do que estamos fazendo errado. Não estamos dizendo que o Cristo estabeleça todas estas coisas, mas que muito do que é dito em uma época, de alertas, de orientações, são Atualizações Doutrinas que faz o Cristo para um momento que vive a humanidade.

Imaginemos por um momento o Cristo fazendo-se manifesto em uma cultura, em uma época em que ninguém jamais sequer cogitou comer porcos, e por este motivo não tivesse dito nada a respeito. Logo depois de seu processo de retirada do mundo, a humanidade desenvolvesse este hábito...
Ou mesmo que se em alguma época algo fosse válido, algo fosse permitido, mas em outro momento que vive a humanidade aquilo já não fosse mais permitido, tivesse se tornado delituoso... O Cristo vem em um momento, fala para aquele momento.
O Problema é que as pessoas não veem a verdade livre em seu constante movimento, ficam presas ao ensinamento que traz o Cristo em alguma de suas manifestações.
Há uma frase ritualística esotérica que diz: "O Ritual dos antigos tempos é negro"...
Isto em parte significa, dentre outras coisas, que o que valia, não vale mais, e que nem sempre o que foi ainda é.

Vejam que toda pessoa passa por muitas fases em sua vida, e que há profundas transformações e mudanças naturais que ocorrem ao longo das épocas humanas. Seria certamente inadequado um adulto portar-se como uma criança, igualmente uma pessoa idosa tentar passar-se por um adolescente. Tudo tem seu momento, e o Cristo constantemente nos guia, nos ilumina para sabermos o que corresponde ou não em cada etapa de nossa vida, se assim estamos dispostos. Claro que neste momento falamos algo relativo a humanidade, de processos que vive a humanidade e que o Cristo se manifesta para guiar, orientar, corrigir.


Não nos esqueçamos que o Cristo é movimento e a palavra não é uma só. Necessitamos aprender da vida, aprender do Cristo vivo em constante movimento em todas as coisas vivas.

Ao Pai chegamos pelo Filho, e ao Filho pelo Espírito Santo.

10/07/2018