CLXV
Textos sobre Religião
O Caminho da Luz e o caminho das Trevas

Quando viviam todos aqueles homens e mulheres daquela raça naquele estado paradisíaco , realmente experimentavam um estado de grande alegria e perfeição, no entanto não haviam logrado merecer estar ali naquelas regiões, já que não experimentaram o processo relacionado as duras provações e tentações para que realmente tivessem desenvolvido dentro de cada uma destas pessoas, as virtudes e o mérito esotérico (por isto as Iniciações e Graus esotéricos do Ser).

Então Lúcifer ensina à aquela humanidade o grande mistério da força sexual. Se diz que prometeu entrega isto aos homens, o fogo e é isto que fez.

Entendam que Lúcifer não tira esta humanidade daquela região por uma maldade, senão que por uma necessidade consciente de que para que possam ascender a regiões ainda mais sublimes que aquela em que estavam, precisam descer. ESTA É A LEI.

"Toda exaltação é precedida por uma terrível humilhação."

Vejam o que sofreu o Cristo Jesus (para não citar tantos outros que houveram, Cristos), pois a ele passou o mesmo, desceu, sofreu voluntariamente, venceu as tentações e por isto ascendeu ao Pai.

Isto até hoje passam os Deuses (e as humanidades), por sete vezes este Lúcifer bendito tenta por convencer aos Deuses (e homens, quando em sua primeira queda ou baixada) que deixem suas regiões e baixem a esta horripilante morada humana para que possam ir ainda mais alto.

Então como diz o Mestre Lakhsmi: "Qual é a maldade de Lúcifer?"
Bem, Lúcifer é nosso salvador porque ele em um primeiro momento faz uso de claro sua astúcia para que percamos aquela tola inocência e uma vez conscientes do bem e do mal, possamos ser restituídos daquela pureza e então sim, ascender aos Céus mais elevados.

Os Alquimistas falavam de um Pacto com o Diabo (Lúcifer), isto nada mais é do que a aceitação do trabalho com este personagem para a eliminação de nossos defeitos psicológicos e de alquimia sexual.

Porque aquele que em um primeiro momento nos causa a queda, é o que em um primeiro momento nos eleva.
O Cristo não baixa até as regiões inferiores, isto ele faz com seu irmão gêmeo (por meio dele, porque são um), porque é Lúcifer quem resgata a pessoa e traz até as regiões aonde está o Cristo (Divino), então aí sim a parte divina assume o trabalho.

O Abraxas gnóstico é isto, um Deus acima do Bem e do Mal, este é o Deus dos Gnósticos (O Próprio Bafometo Templário), um Deus perfeito e onipotente que sabe caminhar com as duas pernas de acordo com a necessidade.

Há ensinamentos que são delicados, apesar de simples. Lúcifer claro é o impulso sexual, então é o primeiro que trabalhamos, porque é a energia que mata o ego, é a energia que se usa no despertar da consciência, é a energia que nos dá o ímpeto de realizar este sacrifício pela humanidade.

Sem este impulso Luciférico as humanidades e as divindades ficariam paradas e estancadas totalmente.

Esta queda houve e nós no decorrer destas dezenas de vidas que tivemos já experimentamos de tudo quanto foi delito, já provamos e nos revolvemos em toda sujeira que há na face da terra, ainda que não se recorde.

Isto fez Lúcifer para que aquele Adão e Eva (que não eram duas pessoas, senão a representação de todo um conjunto de homens e mulheres que habitavam a face do planeta) pudessem ver, compreender e experimentar todo aspecto negativo e inferior.

Bem, chegamos um momento de nossa raça, aonde este impulso nos oferece um outro caminho. Lúcifer diz: "Chegamos ao limite, já viveram e experimentaram tudo que podiam para este ciclo, agora obedeçam e parem de pecar".

Parece realmente absurdo que um personagem tão sinistro e incompreendido pela humanidade possa realmente querer ajudar, mas é o que fez e é o que faz.

Então este impulso revolucionário que toma uma pessoa, não é mais do que este impulso Luciférico para que se regenere, para que pare com todas estas maldades e abominações, para que se cumpra aquela sentença original:

"Se provares deste fruto, sereis como os Deuses, conhecerão o Bem e o Mal."

Nós já conhecemos o bem e o mal, porque não somos Deuses? Porque não retornamos ao nosso estado Divino.......

Um, será Deus (O Íntimo de um indivíduo) quando uma vez tendo estado nestas regiões inferiores, consiga ascender aos céus.

Toda esta bestialidade que vemos, todo este caos, até mesmo dentre os que buscam a Luz, é porque Lúcifer como parte auto-consciente do Ser, é o único que não para, ele não dorme e não cessa em seu trabalho. ele está sempre ativo e sempre funcionando e impulsionando as pessoas.

Então que quem esteja fazendo este trajeto das Trevas a Luz, como ele determina nestes momentos e PARA neste caminho, ele vem e diz: "Circulando, circulando... se não queres ir a Luz volte para as Trevas"...

E ele não para de ensinar, de impulsionar, porque é uma força revolucionária, ele quer nos salvar seja nos fusionando com nosso Ser, com nossa Luz interior que nos ilumina, com o Cristo mediante esta didática de Tentações para que se fortaleçam as virtudes... ou nos afastando de vez e para "sempre" desta luz, para que se possa realmente submergir este homem/mulher nas trevas e regressar ao Pai (fracassado) e quem sabe um dia ao regressarmos a este vale de amarguras que é o mundo novamente, possa ele nos salvar (nos auto-realizando).

Percebam como são tempos difíceis, para que estejamos dizendo estas coisas como são.
Não temos condições de depender da boa vontade dos Dirigentes em perceber e ensinar estas verdades, como são.

Nosso objetivo é compreender e nos fusionar com estas verdades e não fugir destes princípios que nos guiam, como lamentavelmente tem ocorrido.
Há que compreender todo este processo e esta didática que nos aplicam, para que possamos triunfar nesta Obra que nos encomendam, de retornar ao nosso Pai que está em segredo.

Ao Final de toda raça, o Cristo e o próprio Lúcifer planetário tomam corpo físico para entregar sua doutrina, e ainda que muitos não saibam, este tempo já passou.
E Esta doutrina é a mesma, eliminar nossos defeitos, criar os trajes de bodas mediante a alquimia sexual, e sacrificar-nos pela humanidade.

O Pai não nos salva porque somos boas pessoas, mas porque dentro de nós levamos o Filho do Homem, como nos dizem os textos sagrados.

Por fim queremos deixar de vez de lado o dogmatismo para com estas palavras sagradas e dizer algo mais.

Lúcifer (Cristo Negro) é nossa Alma Humana, O Cristo (Branco) é nossa Alma Divina.
A Ambos podemos denominar como Luz (Cristo Branco) e Fogo (Cristo Negro).
Se unimos Lúcifer ao Cristo; em outras palavras a Luz com o Fogo, teremos ao Íntimo que será Luz+Fogo, Lúcifer.

Porque cada vez que se polariza uma força em Positiva (1), e Negativa (0), a Inferior denominamos Lúcifer, porque é a força que baixa e que é formada por outras duas.
Então acima do Íntimo temos o Terceiro Logos que é o primeiro Lúcifer que conhecemos, porque o Pai como Kether, é a soma destes dois Cristos, o Branco e o Negro, em sua primeira manifestação. O Abraxas Gnóstico, a mesma Águia de duas cabeças como é representada pela maçonaria universal.

Então que sejamos sinceros para com este Ser, e digamos que caminho estamos dispostos trilhar; porque a estes que nunca encontraram a Luz, é porque este personagem se põe a dar voltas com a pessoa, porque está indecisa.
Se busca a redenção, se busca servir ao Pai que está em segredo, pois que se cumpra.

Por isto que os Mestres insistem em sua sabedoria em dizer que não podemos julgar algo como Bom ou Mal; porque temos uma concepção errada a respeito disto.
Bom diz o V.M. Samael é o que está em seu lugar e mal o que está fora de lugar.

Assim vemos o valor de tal personagem. Pois no momento exato que estamos presos em um paraíso tentador, ele vem e nos resgata. Posteriormente quando estamos no limite, naquele limiar de onde não seria possível um retorno ao Éden, ele vem mais uma vez e nos resgata, então nos entregando ao seu irmão divino o Cristo.

Recordemos daquele Anjo que está na porta do Éden, ele é o único que pode nos tirar daquelas regiões e é o único que nos pode permitir o regresso, isto bem sabem os Deuses e os Humanos que saíram destas regiões.


Paz Inverencial!

15/09/12