CLXV
Textos sobre Religião
A Alta Iniciação

A Liberação do Homem consiste na Iniciação.
Ser um iniciado, passar pelos processos iniciáticos, depende unicamente das escolhas que alguma pessoa faça na vida.

Todo aquele que se rebela internamente contra a Mentira, contra o Roubo, contra a Ganância, contra a Crueldade, contra todos estes elementos de Luxúria, enfim.. tudo isto que nos torna criaturas tenebrosas, acaba por ser um Iniciado.

O Neófito é o que estuda, o Iniciado é o que age e se rebela contra uma natureza negativa que leva dentro. Ele se põe de pé sobre suas debilidades e as elimina, extraindo assim as preciosas gemas das virtudes.

O Adepto é o que perfecciona isto e aprende a fazer uso da Magia, do oculto que se relaciona com estas gemas já perfeccionadas até certo limite.
A Maestria claro é a perfeição absoluta e a integração com o Ser. Não que seja o fim do trabalho, mas é o fim de um processo e o início de outro bastante distinto.

Nós temos duas opções, ou vivemos presos as realidades impostas pelo mundo, de forma a nos tornar cativos a uma realidade material e inferior, ou tomamos nossa Cruz e seguimos tal qual fizeram tantos Mestres, rumo ao Gólgota interior, nesta Via-crúcis individual que temos que trilhar.

O Iniciado deve aprender a manejar sua palavra e seu comprometimento, sempre dedicando isto a parte Divina e a Obra. Sem isto jamais chegaria a Alta Iniciação, por esta preso a compromissos e sistemas que destroem sua moral e comprometem sua consciência com elementos antagônicos a expressão do Ser.

A Alta Iniciação se relaciona aos processos de perfeição. Tudo isto nada tem de ver com a mente ou com poses. Há pessoas muito humildes no sentido financeiro e de status social nada elevado, que chegaram a Alta Iniciação, por que isto são aspectos relacionados ao coração.
Estes processos de Alta Iniciação são aqueles momentos aonde o Íntimo se une ao Glórian que é o raio que o emanou do Absoluto. Por isto dizemos que são processos de perfeição, porque o Glórian é a suprema verdade e a suprema Lei que rege. (O Íntimo se une com o Glórian para que possa ser emanado e nascer dentro do homem. Nós conquistamos a Alma, o Ser conquista a pessoa e o Glórian conquista ao Ser.

Quando encarnamos a Alma, expressamos e nos integramos ao Ser e o Glórian se faz um com ELE.

Isto tudo está muito relacionado as cores do Mercúrio da Alquimia.
Por isto aqui estamos falando da Alta Iniciação, para que se perceba a necessidade de se continuar caminhando e se perfeccionando.
Ninguém é perfeito, nem mesmo os mais exaltados terminaram seu processo iniciático, temos que continuar firmes e caminhando, porque o caminho é longo e amargo.

A Energia sabemos primeiro é Negra porque a matéria sexual, nossa energia é ainda impregnada de emanações causadas pelo ego e por isto representamos desta forma em um primeiro momento.
Conforme se adquire esta pureza física e interna (vamos eliminando os defeitos), a energia se torna branca e conforme perfeccionamos as virtudes, amarela.

A Mente não pode intervir nestes processos, o coração é quem deve guiar nosso caminho, este sentir superior que nos dá a emanação da vontade e da consciência de nosso Ser é o único que nos pode guiar.
Isto é separar a chama da fumaça; esta fumaça nada mais é do que o pensamento que polui a o fogo divino dentro de nós. Ninguém em sã consciência, se analisar mentalmente o caminho iniciático, optará por trilhar tão amargurada senda.
Somente com o coração e com os desígnios de nosso Ser, somos capazes de conquistar tudo e ainda assim renunciar a tudo, como fizeram todos os Grandes Mestres.

A Alta Iniciação dizemos é quando nasce o Mestre dentro do Homem, é a culminação da Primeira Iniciação de Mistérios Maiores, quando a Serpente de Fogo do Espírito Santo percorreu o caminho das Trinta e Três Câmaras Santas.

É Quando entendemos surge o Adepto, já que a Maestria consideramos o desenvolvimento e a entrega total a este Íntimo, que ocorre na Quinta Iniciação de Mistérios Maiores.

Todo este processo até a Alta Iniciação é uma questão de escolhas e de entrega frente aos desígnios do Ser.
Por muitas vezes se a pessoa se põe a pensar, verdadeiramente por sua natureza ainda negativa e pessimista gerada por esta série de elementos abismais; não seria capaz de vencer a prova.

Mas se a pessoa medita realmente, se no decorrer do dia a dia se põe em contato com a consciência, se faz esta fusão com a proporção de Alma que já tenha encarnado, e por consequência esteja alinhando em relação a expressão emanada do Ser, esta pessoa certamente será capaz de vencer as piores tempestades e os mais terríveis processos.

Então acaba sendo uma questão de saber aguardar, firmes no trabalho da Grande Obra, a natureza superior seguir seu curso, porque sabemos a natureza não dá saltos e tudo leva um certo tempo para acontecer... só não podemos ficar parados.

Paz Inverencial!

13/11/12