CLXV
Textos sobre Religião
Venerável Loja Branca

Existem mais mistérios do que ensinamentos.
Esta é uma afirmação que todos deveriam compreender.
O Que é ensinado, o que é dito, é uma infinitésima parte da totalidade da verdade, a verdade é algo que não se transmite em um discurso, não se escreve sobre a verdade, não se fala sobre a verdade, cada um a vive, a compreende e a encarna. A Verdade é o Ser, a Verdade é a Vida em seu livre movimento.

Há um termo que é muito utilizado nos textos gnósticos, e certamente muitas pessoas apesar de lerem, certamente não compreenderm, não entendem do que esteja sendo falado, e vamos dialogar um pouco sobre este tema.

Venerável Loja Branca. O Que é Loja? Porque Venerável? Qual o motivo de ser denominada Branca?
Loja é um lugar de ofício, de trabalho. Temos que recordar que estas palavras tomadas no português ou no espanhol, são traduções de outras que significavam outras coisas distintas. Então esta Loja, se refere ao local aonde se executam trabalhos. Porem que trabalhos? Principalmente estes são os Obreiros da Grande Obra, aqueles que estão realizando o Magnus Opus. Esta Obra podemos dizer é este trabalho sobre si mesmo, e também em benefício da humanidade como um todo.

Dizemos Venerável, porque são locais dignos de veneração, pois são voltados a esta integração com o Íntimo, com o Ser, com o Cristo, com aquilo que é real e verdadeiro em cada um de nós.

Afirmamos Branca, porque na natureza existem duas polaridades, duas forças contrárias, e a força positiva, criadora, evolutiva, denominamos Branca.

Se formos observar o termo Loja, é uma referência bastante conhecida entre os Maçons, herança da maçonaria oculta, que se pratica nos mundos internos da natureza. Não pensemos na Maçonaria física, e sim em algo muito além da parte material.

Existem duas importantes Lojas, em termos gerais. a Venerável Loja Branca e a Respeitavel Loja Negra.

Loja já sabemos o que é. Respeitável porque é uma força comandada pelo próprio Logos e por consequência cumpre um papel essêncial na natureza, tudo é dual, e merece todo nosso respeito, como tudo mais quanto exista seja física ou internamente.
Negra porque é o inverso da Luz, são as Trevas, a involução, a morte, o abismo.

"a Loja Maçônica Negra, o Abismo, as Tentações, os Demônios... que não querem que o Iniciado lhes escape de suas garras" - O Magnus Opus, V.M. Samael Aun Weor.
"Sabedoria e Amor são as duas colunas torais da Grande Loja Maçônica Branca." - O Magnus Opus, V.M. Samael Aun Weor.
"Recordem, bem-amado discípulo, que nós, os Irmãos Maiores da Grande Loja Maçônica Branca, queremos te ajudar. Trabalhe com intensidade na Grande Obra." - O Magnus Opus, V.M. Samael Aun Weor.

"Eu, Aun Weor, aqui entrego à humanidade a autêntica mensagem que a Loja Maçônica Branca envia à humanidade para a nova Era de Aquário. Deus entregou aos homens a sabedoria da Serpente. Que mais querem? Esta ciência não é minha. Esta ciência é de Deus. Minha pessoa não vale nada; a obra é tudo. Eu sou um simples emissário." - As Sete Palavras, V.M. Samael Aun Weor.

"Porém, de vez em quando, descem dessa elevada região alguns desses Seres de Luz para ajudar à Humanidade. Esses são os Grandes AVATARAS, os Grandes Reformadores que da alvorada dos séculos velaram pela Humanidade. De fato, não estamos abandonados: aqui no Mundo Terrestre está a Grande Loja Maçônica Branca com numerosos Mestres que trabalham a favor da humanidade" - Logos, Mantram e Teúrgia - V.M. Samael Aun Weor.

"Se esse homem, em vida, quando possuía seu corpo físico, tivesse praticado a Chave do "Discernimento", teria sido capaz de despertar consciência durante seu sonho normal, e, agora depois de morto, converter-se-ia num discípulo consciente, embora desencarnado, da Grande Loja Maçônica Branca." - Logos, Mantram e Teúrgia - V.M. Samael Aun Weor.

"Quando a Serpente Sagrada do Akasha puro chega até o campo magnético da raiz do nariz, onde está o átomo do pai, recebe-se a Primeira Iniciação de Mistérios Maiores da Grande Loja Maçônica Branca." - Logos, Mantram e Teúrgia - V.M. Samael Aun Weor.

Existem nos mundos internos diferentes Lojas Brancas, assim como diferentes Lojas Negras, mas também existe uma Grande Loja Branca, e uma Grande Loja Negra, se referindo ao conjunto de Lojas e também a uma Grande Loja, que administra as demais Lojas.

Necessitamos levantar este Templo Interior, dentro de cada um de nós. Somente construindo este templo, surgirá o oficiante, que é nosso Ser. Enquanto não tenhamos levantadas estas colunas e cada detalhe deste templo, como poderia surigr o oficiante? Este templo se constrói com o cimento humano. Fomos criados pela força sexual, nascemos da matéria sexual, esta criação espiritual, esta reforma de nossa matéria física e interna, depende do sábio manejo da energia sexual.

Tal qual Hiram, o Cristo, seremos sempre perseguidos e mortos, no decorrer desta Grande Obra, e aqueles que perseguem o Cristo, e o matam, são sempre os mesmos que o buscam, que o esperam. Recordemos que os três traidores eram irmãos que viviam e que trabalhavam sob um mesmo teto.

"Inclina, ó Deus, os teus ouvidos à minha oração, e não te escondas da minha súplica.
Atende-me, e ouve-me; lamento na minha queixa, e faço ruído,
Pelo clamor do inimigo e por causa da opressão do ímpio; pois lançam sobre mim a iniqüidade, e com furor me odeiam.
O meu coração está dolorido dentro de mim, e terrores da morte caíram sobre mim.
Temor e tremor vieram sobre mim; e o horror me cobriu.
Assim eu disse: Oh! quem me dera asas como de pomba! Então voaria, e estaria em descanso.
Eis que fugiria para longe, e pernoitaria no deserto. (Selá.)
Apressar-me-ia a escapar da fúria do vento e da tempestade.
Despedaça, Senhor, e divide as suas línguas, pois tenho visto violência e contenda na cidade.
De dia e de noite a cercam sobre os seus muros; iniqüidade e malícia estão no meio dela.
Maldade há dentro dela; astúcia e engano não se apartam das suas ruas.
Pois não era um inimigo que me afrontava; então eu o teria suportado; nem era o que me odiava que se engrandecia contra mim, porque dele me teria escondido.
Mas eras tu, homem meu igual, meu guia e meu íntimo amigo.
Consultávamos juntos suavemente, e andávamos em companhia na casa de Deus.
A morte os assalte, e vivos desçam ao inferno; porque há maldade nas suas habitações e no meio deles.
Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará.
De tarde e de manhã e ao meio-dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz.
Livrou em paz a minha alma da peleja que havia contra mim; pois havia muitos comigo.
Deus ouvirá, e os afligirá. Aquele que preside desde a antiguidade (Selá), porque não há neles nenhuma mudança, e portanto não temem a Deus.
Tal homem pôs as suas mãos naqueles que têm paz com ele; quebrou a sua aliança.
As palavras da sua boca eram mais macias do que a manteiga, mas havia guerra no seu coração: as suas palavras eram mais brandas do que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.
Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.
Mas tu, ó Deus, os farás descer ao poço da perdição; homens de sangue e de fraude não viverão metade dos seus dias; mas eu em ti confiarei.
"

Salmos 55:1-23

14/08/13