CLXV
Textos sobre Religião
O Bezerro de Ouro

O Homem é chamado até Deus para fazer-se um com ele, tornar-se uma viva expressão deste Cristo Íntimo.
A Humanidade como um todo sofre, chora, clama por Deus, mas apesar destes passageiros pensamentos, sentimentos e palavras, segue com suas ações afastando-se de Deus, cada vez mais.

Seria difícil, muito difícil as pessoas aceitarem a totalidade das Leis Naturais de Deus do dia para a noite, mas o problema é que a humanidade vive sob suas próprias regras, adorando sua própria criação, admirada, entretida com coisas que não tem a menor transcendência.

Se vamos observar o porque as pessoas não estão Despertas, o motivo pelo qual não expressam sua divindade interior, o motivo pelo qual tanto sofrem... vemos que as respostas disto tudo conduzem a uma mesma afirmação: - O Culto ao Bezerro de Ouro.

No mundo existem elementos criados por Deus, e elementos criados pelo Homem.
O Bezerro de Ouro representa as criações humanas, dentre elas a principal sendo o Dinheiro.
A Razão de grande parte do sofrimento humano se dá pelo dinheiro, os sistemas que prendem a humanidade criam um ciclo de aquisição e gasto do dinheiro que prende as pessoas a esta adoração às coisas humanas.

Alguns dirão que estamos dizendo que não se possa ter as coisas, objetos. Claro podemos, o problema é estar preso a esta cadeia de compra e venda, estar escravo destes sistemas aonde temos de trabalhar, e trabalhar cada vez mais, para sustentar nossas comodidades.

A Comodidade tem um preço, um preço muito caro. A Praticidade de termos alimentos perto de casa, em um supermercado, gera uma reação em cadeia não apenas financeira que aumenta o custo destes produtos, como grandes crises biológicas, devido ao processo que tem de passar este alimento para que dure mais tempo, para que sobreviva as pragas, para que possa se ter em grande quantidade.

Quantas pessoas querem ter experiências práticas, concretas no campo dos Planos Espirituais, e ficam entretidas com criações humanas. Se almejamos progressos no campo espiritual, verdadeiramente temos de nos voltar a parte espiritual, admirar a criação de Deus, integrar-nos com ela, sermos ela, respeitarmos ela.


Quando o homem passa a respeitar estas leis naturais, leis simples mas talvez difíceis de cumprir ao Homem Moderno, então como filho de Deus, pode retornar a casa do Pai, as regiões internas da natureza.

14/11/13