CLXV
Textos sobre Religião
A Negação de Pedro

Os Livros sagrados estão cheios de simbolismos maravilhosos, e infinitos ensinamentos que falam desde o principio até o fim do trabalho que corresponde a cada um realizar.

Sabemos que o drama que temos de viver é aquilo que viveram muitos homens e mulheres no decorrer da humanidade. Aquilo que viveu Buda Gautama, que viveu o Cristo Jesus, é o mesmo que nos corresponde viver, ainda que de maneiras diferentes, adaptado ao tempo, a cultura e a realidade de cada indivíduo.
O Caminho é algo realmente desconhecido para todos, pois apesar de todos os mapas e indicativos que deixaram os sábios Mestres, este retorno até nossa Divindade Interior, é algo completamente desconhecido e que vamos trilhando e compreendendo conforme vamos dando cada passo e nos cabendo viver estes processos tão exigentes.

Uma citação bíblica que certamente já chamou a atenção de todo estudante criterioso, é aquele processo aonde o Cristo diz a Pedro que este o negará três vezes, antes do galo cante.

"Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás. Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja mister morrer contigo, não te negarei. E todos os discípulos disseram o mesmo." - Mateus 26:34-35

O Mestre Samael nos ensina sobre esta passagem que seu simbolismo reside na questão que vez ou outra o iniciado cai em tentação.
E que esta tentação a qual o iniciado acaba caindo pode ser tanto física como interna.

Apesar do Mestre ser sintético neste aspecto, nos parece interessante estudar melhor esta questão.


Sabemos que Pedro, uma das tantas partes que dentro de nós compõe o Ser, dentro de nós, corresponde ao principio sexual.
Há muitas citações bíblicas que nos demonstram claramente que Pedro é a alegoria da sabedoria sexual.
Afinal Pedro, diz o Cristo, é a pedra fundamental sobre a qual ele edificará sua Igreja, e que para muitos é uma pedra de tropeço, de escândalo.

Certamente este trecho específico refere-se ainda que amplamente as tentações que sofre e vez ou outra cai o iniciado, refere-se também mas objetivamente a três momentos específicos aonde ele é tentado terrivelmente na parte sexual, já que foi Pedro a referência a esta questão e não outro apóstolo.
É claro que isto não significa que o iniciado irá cair sexualmente, senão que Pedro, a sabedoria do sexo, não estará integrado e a serviço do Cristo.

Isto recorda muito aqueles momentos aonde tem de haver aquelas longas pausas no trabalho com o Magistério do Fogo.


É muito importante que no decorrer de nosso avanço, vamos purificando o sentido sexual, refinando e transmutando o impulso sexual em verdadeiro amor.
Isto de Pedro negar ao Cristo naquela noite, antes que o galo cante, nos traz a clara indicação do terrível momento em que tudo isto ocorre, pois ocorre durante a noite, e tudo isto ocorre antes que chegue o dia. O Galo é aquele que anuncia a chegada do dia, do Despertar, da Luz.

04/08/14