zzzzzzzz

 

CLXV
Textos sobre Religião
Missionários e Missões

Sempre que falamos de Iniciações, temos de falar destas respectivas Missões, destes compromissos que assume o iniciado perante a Loja Branca.
A Humanidade sempre necessita de muitas modificações, de muitos auxílios, para ser conduzida a um destino superior, a uma revalorização da Vida, e da Obra a qual é o sentido de estarmos vivos.
Assim o Iniciado depois de vivenciar em si o Arcano V, ao conquistar um Destino, ele passa a receber distintas Missões, de maneira progressiva as suas capacidades, e assim vai cumprindo distintas funções que são necessidade realizar no mundo, por parte da Loja Branca.

Há Missões físicas, há Missões internas, algumas coisas precisam ser realizadas no mundo tridimensional, e outras coisas precisam ser realizadas nas dimensões internas da natureza, ou mesmo em ambas.

Assim há diversas questões que precisam ser resolvidas, que precisam ser direcionadas, ser organizadas, serem realizadas... E isto se dá em diversos campos, seja no Social, Religioso, Artístico, Filosófico, Político, etc...

Há muitas Obras de Arte, que influenciaram a Humanidade e que inspiraram a imaginação e a busca pela verdade, e certamente muitas delas foram realizações solicitadas por parte da Loja Branca como missão a alguns indivíduos.
Assim há ensinamentos que precisam ser entregues e isto é dado a alguns personagens realizar, da mesma maneira, há até mesmo questões Sociais, como realizações em benefício da Sociedade como um todo, ou mesmo no campo Político, que é articulado pela Loja Branca, quando faz-se necessário corrigir o destino de alguma nação.

A Iniciação é a própria vida, dizem os Veneráveis Mestres. Assim claro que há pessoas que não necessariamente sequer conhecem ou seguem alguma Filosofia, ou Religião, e ainda assim, por suas escolhas, por seu entendimento já superior, trilham este caminho e acabam por realizar distintas missões necessárias.


Claro que isto que aqui comentamos é algo muito incomum, raro, ainda mais nos dias atuais. Mas é inevitável que haja no mundo pessoas que já estão a muito tempo no caminho, e não apenas a muito tempo, pois o tempo em si não é determinante de melhoria, mas no sentido de que já realizaram muito por si mesmas e pelos demais, e naturalmente sentem, percebem, sabem, o que tem de realizar, naturalmente, sem que seja necessário que lhe digam o que devem ou o que não devem fazer, pois tem uma ligação firme não apenas com sua Divindade Interior, mas com a própria Loja Branca.

Podemos citar o caso de Abraham Lincoln ou mesmo Benjamin Franklin, que é citado pelo V.M. Samael, em uma de suas Obras:
"Um grande homem, depois de haver estudado a si mesmo, descobriu que tinha doze defeitos que o estavam prejudicando. Este homem disse: 'Assim como é impossível caçar dez lebres ao mesmo tempo, porque o caçador que quisesse fazer isto não caçaria nenhuma, assim também é impossível acabar com meus doze defeitos ao mesmo tempo'. Este homem chegou a conclusão de que seria melhor caçar uma lebre e logo outra; acabar primeiro com um defeito e logo com outro. Resolveu este homem dedicar dois meses a cada defeito. Quando o homem chegou aos vinte e quatro meses já não tinha os defeitos. Havia acabado com doze defeitos que lhe impediam de chegar ao triunfo. O resultado foi maravilhoso. Este homem se converteu no primeiro cidadão dos Estados Unidos. Seu nome: Benjamin Franklin. Imite você a este personagem. Examine-se e veja quantos defeitos você tem. Conte-os, enumere-los. Logo dedique dois meses a cada defeito, em ordem sucessiva, até que elimine todos."

Assim há o caso de personagens da atualidade, que cumpriram, que estão cumprindo e que ainda cumprirão distintas missões, para estes Reitores da Humanidade Solar, seja no campo Político, seja na parte Artística, ou mesmo nos demais aspectos da vida.

Nem sempre tem-se auto-consciência acerca destas missões, no sentido de que a pessoa sabe o que está realizando, ou mesmo sabe o resultado do que está realizando ou mesmo de onde vem o ordenamento para que isto aconteça.
No geral as pessoas apenas tem estes impulsos, muito fortes, muito verdadeiros, no sentido de algo altruísta, algo necessário, e tem o impulso inegável e inabalável em realizar algo. Assim é como em geral as pessoas cumprem com estas missões, seja tendo conhecimento acerca das Iniciações ou não...
Estas missões podemos dizer são destinadas a algumas das virtudes em nosso interior e é por meio delas que ocorrem estes eventos os quais temos de realizar.

Também há casos aonde tem-se esta missão recebida nos mundos internos, de maneira mais habitual como seria no mundo físico (a transmissão de algo), no sentido de que é solenemente dito ou documentado o que há de fazer o indivíduo, o que claro não serve para todos desta maneira, as vezes porque não tem consciência para conseguir assimilar desta forma ou mesmo a memória para trazer ao físico a recordação.
Muitas pessoas se tivessem recebido desta maneira a missão internamente, no sentido de algo "verbal" ou documentado nos mundos internos, tratariam de fazer no mundo a qualquer custo, e isto na verdade atrapalharia a realização, pois necessita ser a virtude, e algo espontâneo, natural, esta realização. Em resumo, muitos levariam com o intelecto e deixariam de lado o Ser, na realização destas missões.


O Que precisamos entender disto, é que inevitavelmente nem sempre o nosso destino é idêntico ao do outro, que nem sempre o que nos cabe realizar tem de ser idêntico ao que cabe ao outro realizar. Há muitas pessoas que tem este chamado Divino e inevitavelmente negam a esta missão a qual foram destinados.

Há não muito tempo atrás, acompanhávamos internamente o caso de um candidato ao governo de um país distante. A este senhor, lhe era revelado o que era a Loja Branca, como atuava, e qual o sentido de suas ações. Dando a este personagem uma escolha, dando a ele um entendimento superior da situação e uma chance de posicionar-se a favor da Verdade e cumprir uma função como agente do Destino em relação com aquele povo e com o restante da humanidade.

05/10/15